Jornal Antena - Encantado RS

Thursday, Sep 29th

Last update05:09:38 AM GMT

Você está na seção:

Nova Bréscia

Nova Bréscia: Laste e Martini apresentam seus projetos

E-mail

 

Em Nova Bréscia, o ex-prefeito Diógenes Laste busca a sua terceira gestão, tendo como vice a ex-secretária da saúde Helena Daroit. Ambos do PP, concorrem pela coligação “Nova Bréscia: Presente e futuro”., pelos partidos PP/PTB e PT.  Já na oposição a coligação “Unidos por Nova Bréscia” que reúne os partidos do PDT/PMDB e PSDB, vem com o professor Marcos Martini o Kiko tendo como vice Adilar Lorenzon.

 

Diógenes Laste
Por que quer ser prefeito de Nova Bréscia?
Quero ser prefeito porque acredito no meu potencial e muito posso contribuir ainda para o desenvolvimento do município de Nova Bréscia. Continuarei sendo aquela pessoa parceira, verdadeira e determinada, valorizando sempre em primeiro lugar a pessoa. Assim, tenho certeza que irei realizar um trabalho digno e respeitado para os brescienses. Estou convicto de que o povo bresciense me dará essa confiança.

Cinco projetos para o desenvolvimento do município.
a) Saúde e Assistência Social: prioridade para melhor qualidade de vida.Manutenção de projetos existentes; assistência aos portadores de deficiência e da terceira idade; fortalecimento e qualificação das ações e serviços da Atenção Básica: projetos e programas relativos à saúde física e mental (atendimento de: médicos, odontólogos, psicóloga, nutricionista, fonoaudióloga, equipe de enfermagem, farmacêutica, educador físico, ACSs e outros), transporte de pacientes;saúde preventiva: SESC, construção de Academia da Saúde ao ar livre e pista de caminhada; prevenção/promoção em saúde; centralização da Secretaria da Saúde junto à Unidade Básica de saúde; manutenção do contrato com o hospital São João Batista e outros; ampliação dos serviços CONSISA para especialidades.
b) Educação de qualidade para preparar o futuro de nossos estudantes. Manutenção das Escolas de Educação Infantil e Fundamental; ampliação do funcionamento da Escola de Educação Fundamental; atendimento em turno inverso; fortalecimento dos projetos existentes; apoio aos grupos de dança, cantoria, CTGs e outros; Capacitação de professores e servidores; incentivo aos estudantes universitários.
c) Agricultura e pecuária: suporte para o desenvolvimento do município.Manutenção de programas existentes; incentivo aos pequenos produtores: horas de máquinas, silagem, inseminação (veterinário); troca-troca de sementes. Construção e melhorias de poços artesianos e rede elétrica; incentivo à apicultura e feira do Produtor, cursos de capacitação; aquisição de distribuidores de dejetos, terraplenagens e outros.
d) Indústria e comércio: investimento e apoio para projetos em parceria com pequenas indústrias e agroindústrias, oferecendo cursos de capacitação; vídeo monitoramento; e incentivo e apoio apara segurança pública.
e) Infraestrutura, Esporte e Lazer: melhorias: asfaltamento e calçamento; incentivo à informatização; incremento e melhorias no Parque Poliesportivo (cancha de rodeio, construção de pista motocross, campo de futebol e outros); reestruturação da Praça da Matriz e revitalização do Parque São Cristóvão; Promoção de eventos.

 

Marcos Martini

Por que quer ser prefeito de Nova Bréscia?
Para trabalhar e administrar com seriedade os recursos públicos, buscando constantemente servir, investir e inovar nas diferentes áreas sociais e econômicas, valorizando e enaltecendo nosso maior patrimônio: “O povo bresciense”, que tanto merece.

Cinco projetos para o desenvolvimento do município.
1- Valorizar o ser humano propiciando condições de bem-estar e vida digna com qualidade de vida, em que o munícipe sinta-se amparado e servido pelo poder público com múltiplas oportunidades de aqui crescer, investir e permanecer.
2- Cuidar, investir e valorizar nossa principal fonte de renda: “O agricultor - O setor primário”, aqueles que já fizeram, fazem e com certeza continuarão fazendo nosso município promissor, com projetos de incentivo, programas de apoio, aquisição de equipamentos, maquinários e com serviços. Apoiando a diversificação de cultura e a instalação de agroindústrias.
3- Oferecer profissionais qualificados, espaços inovadores, acessibilidade para propiciar serviços de qualidade na Educação, Saúde, Esportes, Lazer, 3ª Idade que venham contribuir para o bem-estar social.
4- Adquirir área para instalação do distrito industrial, em que através de incentivos fiscais possam ser implantadas pequenas e microempresas , suprindo as necessidades de trabalho, bem como adquirir área para um conjunto habitacional, necessidades essenciais para uma vida digna e de qualidade.
5- Buscar recursos junto à esfera Federal e Estadual, através de seus representantes legais, para adquirir e investir em obras, melhorias, saneamento básico, aquisição de máquinas e equipamentos, espaços públicos e melhorias na área urbana e rural.

 

 

 

 

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Um país se faz com homens e livros

E-mail

 

As crianças e os adolescentes de Nova Bréscia, em sua caminhada em homenagem à Pátria mergulharam no mundo encantado dos livros, pois a leitura é um dos tripés que torna o cidadão de bem. É através dela que busca-se a ascensão humana, pois o ser humano é criativo e tem a obrigação de refletir o seu papel de cidadão. Em seu pronunciamento, o prefeito Gilnei Agostini destacou o tripé que faz com que cada cidadão seja feliz, “as bênçãos divinas, os livros e os amigos”. Parabenizou a secretaria da educação e os alunos por escolherem os livros como tema da caminhada.
As crianças da rede municipal e da estadual de ensino desfilaram encenando grandes fábulas da literatura, entre elas : Sítio do Pica Pau Amarelo, Chapeuzinho Vermelho, Cachinhos Dourados e os Três Ursinhos, Harry Pother, João e Maria, A Arca de Noé, O Casamento da Dona Baratinha, O Menino do Pijama Listrado, No País das Maravilhas, O Cortiço, entre outros. Além deles, os adultos do programa alfa, os quais têm de 30 a 80 anos, mostraram que nunca é tarde para aprender a ler e escrever. As apresentações encerraram com o CTG Paixão Cortes que trouxe o primeiro livro escrito no mundo “A Bíblia Sagrada”.

um pais_se_faz

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Cras busca qualidade de vida através de diversas ações

E-mail

 

O Centro de Referência e Assistência Social (Cras) de Nova Bréscia promove uma série de atividades através dos serviços, projetos e programas oferecidos, que buscam o bem-estar e a qualidade de vida da população de quase 3.200 habitantes, segundo o Censo do IBGE de 2010. As ações envolvem desde crianças e adolescentes até idosos, que encontram nas oficinas e encontros momentos de aprendizado e descontração.

Bolsa Família
Uma das metas do Cras de Nova Bréscia é diminuir ainda mais o número de beneficiários do programa Bolsa Família no município. Há 10 anos, o número de famílias cadastradas era de 86. Hoje, são sete famílias. Para a diminuição destes beneficiários, o Cras visa garantir o acesso ao trabalho, que é um direito de todo cidadão, incentivando a independência financeira e a autonomia da família.

Para Idosos
O trabalho realizado pelo Cras de Nova Bréscia com o grupo de idosos do município é bastante amplo. As atividades variadas contribuem para um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo.
O Serviço de Proteção no Domicílio às pessoas idosas, realizado por uma assistente social, é uma destas atividades. A ação, realizada desde 2014, o serviço tem por finalidade a prevenção de agravos que possam provocar o rompimento de vínculos familiares dos idosos em situação de vulnerabilidade social, ouvindo e gerenciando as necessidades dos atendimentos. Quando necessário, a assistente social realiza o encaminhamento dos idosos para os serviços que eles necessitam, como saúde. Atualmente, são atendidos 145 idosos neste serviço.
O Encontro de Noventões também é uma atividade para reunir os mais velhos entre os quase 700 idosos do município. Em 2015, na segunda edição do evento, realizada em dezembro, foram convidados 18 “noventões” .
Além destes, existe ainda o encontro mensal nas comunidades e dois encontros no centro. Cada uma das 12 comunidades participa. Algumas, em virtude do baixo número de idosos, realizam os encontros em parceria com localidades vizinhas, mas ninguém fica de fora. No final do ano, uma grande festa é preparada para a integração de todos os idosos do município que participam, é realizada na sede do Cras.

Artesanatos
Desde 2013, as idosas do município ainda contam com um encontro semanal, realizado na antiga sede do Cras, para realizar trabalhos de artesanato. Além de trabalharem as mais diversas peças, as senhoras ainda vivenciam trocas de experiências, criam amizades e vínculos. Além disso, em épocas de eventos festivos, como Páscoa e Natal, elas auxiliam na decoração das ruas da cidade.
Recentemente, as idosas confeccionaram mantas com retalhos doados pela empresa Confecções Tefem. As peças foram entregues nas escolas municipais Madre Assunta e Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Criança Feliz.

Arte em Pintura
Com encontros semanais, o Arte em Pintura é intergeracional, ou seja, voltado a público de todas as idades. As atividades ocorrem na antiga sala do Cras e também proporcionam a troca de experiências entre os participantes.

Educação Preventiva e de Valores
Duas vezes por semana, na sede do Cras, crianças e adolescentes entre 8 e 12 anos de idade participam de atividades que visam à educação preventiva e de valores, ministradas por uma psicóloga, entre os assuntos trabalhados está a dependência química. Recentemente, o grupo esteve em Encantado, onde visitaram a Clínica Terapêutica Novo Começo, para entender os riscos que correm as pessoas ao se envolverem com o álcool e ou drogas e ver como é feito o tratamento para quem é dependente.

Crescendo com a Ginástica
Realizado para crianças e adolescentes com idades entre 6 e 12 anos, os encontros ocorrem diariamente (com turmas diferentes) em turno inverso ao escolar. Os 65 participantes têm aulas de ginástica artística e de trampolim no Cras. Além de ser uma atividade saudável e importante para o desenvolvimento dos alunos, é realizado anualmente a Copinha de Ginástica, que também é motivo de alegria. Na oportunidade, os participantes são assistidos e avaliados por um professor da Univates, que recentemente esteve em Cuba para um curso, tendo sido o único brasileiro a ser selecionado para esta capacitação,também será árbitro nas Olimpíadas do Rio 2016.
Além da ginástica, o vôlei também é ofertado aos alunos de 12 a 17 anos, uma vez por semana, também em turno inverso ao escolar.

Projeto Mercado de Trabalho
Anualmente, os alunos do último ano do Ensino Médio têm a oportunidade de realizar um teste com a psicóloga do Cras e a visitação às feiras das profissões da região, para prepará-los na escolha da profissão.
Grupo PCD’s
Os integrantes do grupo de Pessoas com Deficiência (PCD’s) e seus familiares recebem mensalmente a atenção da equipe técnica do Cras. O trabalho realizado visa garantir os direitos, o desenvolvimento de mecanismos para a inclusão social, a equiparação de oportunidades e a participação e o desenvolvimento da autonomia das pessoas com deficiência, a partir de suas necessidades e potencialidades individuais e sociais, prevenindo situações de risco, a exclusão e o isolamento.

Atendimentos
Além dos serviços, projetos e programas, é realizada a acolhida e atendimentos individuais, que acontecem na prefeitura.

Eventos
OCras possuiu também um calendário fixo de eventos. Em abril, ocorre a Gincana da Integração, que faz parte dos festejos de aniversário de Nova Bréscia. Em dezembro, a integração dos Noventões, voltado aos mais idosos do município,a integração dos grupos do PAIF que envolve os Idosos do município e no que se refere a esportes, a Copinha de Ginástica, movimentando os atletas do município.
Este ano, ainda, Nova Bréscia irá sediar o Baile Regional dos PCD’s, que será realizado no dia 25 de agosto, paralelamente às atividades alusivas da Semana das Pessoas com Deficiência. Na oportunidade, cerca de 200 pessoas oriundas dos municípios da região devem comparecer ao encontro. Há também a realização de palestras, feitas através da parceria com a Secretaria Municipal da Educação e da Saúde. E através do SENAR e STR são realizados diversos cursos.

Constante atualização
A Assistência Social de Nova Bréscia, além de buscar sempre atender com esmero os usuários, pensa, também, em proporcionar cursos de capacitações à sua equipe. Em abril deste ano, uma das colaboradoras esteve em Florianópolis, Santa Catarina, participando do 5º Congresso Brasileiro de Gestores e Trabalhadores da Política de Assistência Social. Na ocasião, o município foi escolhido para apresentar as suas vivências no setor, tido como exemplo no que se refere à proteção básica. Para melhor atender as família cadastradas no Cad Único, foi proporcionado também, em junho, a capacitação com 40 horas de duração. Outras capacitações foram feitas ao Conselho Municipal da Assistência social e aos membros do Conselho Tutelar.

cras busca_qualidade

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Bresciense conquista título esportivo na Itália

E-mail

 

Ana Carolina Caliari Sestari (20) saiu de Nova Bréscia para dar vasão ao seu talento esportivo. Há quase dois anos, a jovem está morando na Itália, onde atua como goleira, e o primeiro título em solo estrangeiro veio recentemente: em 2 de junho, a equipe de Montesilvano – time da bresciense – venceu o Campeonato Italiano de Série A D’Elite do futsal feminino.
A competição integra as 20 melhores equipes da Itália, e contou com transmissão ao vivo pela televisão italiana. A final ocorreu entre Montesilvano e Isolotto Firenze.

O início
Ana Carolina demonstrou interesse pelo esporte ainda criança. “Comecei a jogar em Nova Bréscia com o CFM quando tinha 8 anos. Já daí eu gostava muito de futebol”, lembra. Sua ida para Itália ocorreu por intermédio de um amigo, que a levou para Europa e hoje é o procurador da jogadora.
A jovem, no entanto, tem um amor especial pelo país. “Não considero a Itália solo estrangeiro, mas considero minha casa”, explica. O título conquistado no mês passado deixou a bresciense radiante. “Claro que tem um gosto especial considerando que esse é o primeiro ano que pude jogar e pela minha idade”, destaca.

Longe de casa
Além dos treinos e competições, Ana Carolina dedica parte de seu tempo a estudar. “Estou fazendo um curso de italiano, para conseguir aprender melhor o idioma”.
Os pais - Milton e Elizandra Sestari- e o irmão de Ana Carolina moram em Nova Bréscia, e a atleta aproveita as férias para visitá-los. “Eu volto para casa uma vez ao ano, quando na Itália estamos de férias, o que acontece em julho e agosto”, conta. A saudade aperta, mas a jovem já aprendeu a lidar com isso. “Eu já estou acostumada com a saudade, porque saí de casa com 14 anos pra morar em Santa Catarina e poder jogar, mas claro que ver toda a família só dois meses ao ano é muito complicado. Perdi muitas coisas da minha vida, o crescimento do meu irmão, as suas conquistas e é isso que me faz sentir falta de casa”, comenta.
Apesar da saudade, no entanto, Ana Carolina diz que não pretende voltar em breve para o Vale do Taquari. “Pretendo jogar por muito tempo ainda, mas em um futuro não muito próximo, talvez, eu volte”, finaliza.

bresciense conquista_titulo

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 1 de 63