Jornal Antena - Encantado RS

Sunday, Oct 22nd

Last update10:34:43 PM GMT

Você está na seção:

Geral

Horário de Verão começa domingo

E-mail

 

Apesar da discussão que envolveu a mudança, o Horário de Verão começa domingo, dia 15. Novamente, a 0h, os brasileiros devem adiantar o relógio em uma hora. A mudança é adotada por 11 estados e segue até o dia 18 de fevereiro de 2018, quando estes mesmos brasileiros devem atrasar os relógios também em uma hora.
A mudança será implantada nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Com a alteração, o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília, enquanto Acre e oeste do Amazonas ficam com três horas a menos. A intenção é aproveitar melhor o período de luz solar para economizar energia.
Discussão
Adotado em 1931 pelo governo de Getúlio Vargas, o Horário de Verão passou a ser permanente em 2008. Em 2017, o governo cogitou extinguir a mudança, alegando que estudos provaram que a alteração já não era mais economicamente tão eficaz. Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a mudança praticada no período de 2016/2017 gerou uma economia de R$ 159,5 milhões. O Ministério de Minas e Energias afirmou que a economia ficou acima dos R$ 147,5 milhões esperados.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Tarifa de pedágio passa de R$ 5,20 para R$ 7

E-mail

 

Desde segunda-feira, dia 2 de outubro, quem passa pela Praça de Pedágio de Encantado já sente no bolso o aumento nas tarifas. No final do mês de setembro, a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) anunciou o reajuste de 34,61% na tarifa básica para veículos de passeio, que passam de R$ 5,20 para R$ 7.
A alteração do valor acontece em oito das 14 praças gerenciadas pela EGR. A empresa afirma que o aumento é necessário para recuperar os 86% de defasagem das tarifas, que estavam há dez anos sem correções.
Segundo a empresa, a “buraqueira” encontrada em diversos trechos, como na ERS-130, entre Encantado e Lajeado, deve ser resolvida nos próximos anos. Com os valores arrecadados, a empresa afirmou que planeja investir R$ 1,1 bilhão nas rodovias nos próximos seis anos. Atualmente, a ERG administra 901,3 km de rodovias no Rio Grande do Sul. O aumento também ocorre nas praças de Campo Bom (ERS-239), Coxilha (ERS-135), Portão (ERS-240), Gramado (ERS-235), Três Coroas (ERS-115), São Francisco de Paula (ERS-235), Boa Vista do Sul (RSC-453), Candelária (RSC-287), Viamão (ERS-040), Flores da Cunha (ERS-122), Santo Antônio da Patrulha (ERS-474).Em Encantado (ERS-130), Cruzeiro do Sul (RSC-453) e Venâncio Aires (RSC-287), os valores também mudam (ver tabela).

Nova tarifa básica no Estado
Boa Vista do Sul (RSC-453) R$ 7,00
Campo Bom (ERS-239) R$ 3,25
Candelária (RSC-287) R$ 7,00
Coxilha (ERS-135) R$ 4,90
Cruzeiro do Sul (RSC-453) R$ 7,00
Encantado (RSC-453) R$ 7,00
Flores da Cunha (ERS-122) R$ 7,00
Gramado (ERS-235) R$ 7,90
Portão (ERS-240) R$ 6,50
Santo Antônio da Patrulha (ERS-474) R$ 7,00
São Francisco de Paula (ERS-235) R$ 7,90
Três Coroas (ERS-115) R$ 7,90
Venâncio Aires (RSC-287 R$ 7,00
Viamão (ERS-040) R$ 7,00

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Forquetinha Expofest será em novembro

E-mail

 

Na noite de 03 de outubro, foi lançada oficialmente a 5ª Forquetinha Expofest – Exposição Comercial, Industrial, Agroindustrial e Festa Típica. O evento reuniu autoridades, expositores e imprensa regional, onde foi apresentada a programação técnica, cultural e de shows. A festa ocorre entre os dias 3 e 5 de novembro.
O presidente da festa, Vianei André Noll, destaca que com o passar dos anos a Forquetinha Expofest se tornou uma marca do município, com destaque para a festa típica, onde são preservadas as tradições germânicas, além da exposição de produtos, palestras técnicas e muitos shows.
Para o prefeito Paulo José Grunewald, o evento é resultado da união e do trabalho de todos, e, é um momento para comemorar o resultado positivo de uma boa gestão e as conquistas do primeiro ano de governo. Será um momento para integrar as famílias e divulgar as potencialidades do município, gerando novos negócios e incrementando o desenvolvimento econômico.

forquetinha expofest_1forquetinha expofest_2

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Missão: salvar vidas

E-mail

 

Aos 34 anos de idade e formado há quase uma década, o dr. André Peretti especializou-se em cardiologia, e, em homenagem ao Dia do Médico, comemorado no dia 18 de outubro, conta sua trajetória profissional.
Peretti ainda era estudante do Ensino Médio quando decidiu a carreira que seguiria. “Minha primeira ideia era cursar engenharia civil. Ainda gosto muito de números, mas o que falou mais forte foi a possibilidade de lidar com pessoas e poder ajudá-las de certa forma”, lembra.
A família o apoiou prontamente. “Todos ficaram contentes com a ideia e abraçaram a causa. Sem o esforço de meus pais com certeza não estaria aqui hoje, pois graças a eles pude ter uma boa educação durante toda a minha vida, o que faz muita diferença”, destaca.
Assim, em dezembro de 2007, André Peretti colou grau em Medicina pela UFRGS. Em seguida, deu início à especialização em cardiologia, concluída em janeiro de 2012 no Instituto de Cardiologia.
Formado, voltou à terra natal, Encantado, onde abriu seu primeiro consultório no Centro Clínico, em fevereiro de 2012. Em maio de 2016, o atendimento passou a ser feito no Edifício Condado, em um espaço mais amplo, onde faz atendimentos em cardiologia e realizações de exames de ergometria, ECG, MAPA e Holter.
A escolha da especialidade foi fácil para o médico. “Cardiologia sempre foi a área que mais gostei dentro da medicina, por se tratar de uma especialidade que está continuamente em evolução, e também por ser o assunto que mais tenho facilidade em entender e raciocinar”, coloca.
Peretti destaca o melhor ponto da profissão. “A maioria das pessoas decide ser médico devido à estabilidade do emprego e pela renda. São duas coisas extremamente importantes que todos temos que buscar na escolha da profissão, mas o mais gratificante é o reconhecimento do paciente quando ele melhora, é o que realmente motiva a melhorar cada vez mais”, garante. E assim como toda a profissão, existe um ponto negativo. “O pior da medicina, com certeza, é a perda de um paciente. Mesmo sabendo que a morte é a única certeza da vida, e que existem casos que não há nada a fazer, a intenção de todo médico é sempre o bem-estar do paciente”, frisa.
Foi na faculdade que ele começou a realidade da profissão. “Nunca pensei em desistir, porém, tem um momento na faculdade em que começamos a lidar com a parte prática mesmo, com doenças e mortes. É aí que pensamos se vamos realmente conseguir lidar com isso durante a vida”, admite.
Em quase 10 anos de profissão, o doutor lembra de um caso que marcou muito. “As coisas que mais deixam marcas no ser humano são as derrotas e não as vitórias. Até hoje me lembro de um caso, que aconteceu enquanto eu ainda estava na residência médica. Pouca horas após a chegada à UTI, perdemos uma paciente de 15 anos, filha única, com meningite. A comoção da família é uma coisa de que me lembro até hoje”, recorda o cardiologista, que também tem um primo pediatra, que atende em Farroupilha.
Para aqueles que querem seguir carreira na medicina, o médico deixa um conselho. “Nunca pare de estudar. Lembre-se de que o princípio básico para ser médico é gostar e cuidar de pessoas”, destaca.
O doutor André Peretti finaliza com uma mensagem. “Quero deixar um abraço a todos os colegas que comemoram neste dia 18 de outubro o Dia do Médico, e lembrar aos pacientes que não somos perfeitos. Somos todos suscetíveis a erros como qualquer outro ser humanos, porém, sempre tentamos fazer o nosso melhor”.

missao salvar_vidas

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 1 de 196