Jornal Antena - Encantado RS

Monday, Sep 26th

Last update11:26:26 PM GMT

Você está na seção:

Jornal Antena - Encantado RS

Eleições 2016 - Conheça os pré candidatos

E-mail

Westfália continua consenso com Otávio e Evanete

westfalia continua

 O município de Westfália continua dando exemplo de democracia ao manter o consenso visando ao desenvolvimento do município e o bem-estar de cada cidadão.

Com a coligação “Unidos pelo progresso de Westfália”, concorrem os pré-candidatos o atual vice-prefeito Otávio Landmeier(PMDB) como prefeito tendo como vice a vereadora Evanete Inez Horst Grave (PDT). Eles ainda tem o apoio do PT, sendo que os três partidos lançam 18 pré-candidatos a vereança, sendo eles: Mirian Schneider , Pauline Dahmer , Livo Schröer, Mirgon Schumann , Alexandre Grana, José Arlan Martins Nunes, Alex Heemann e Jucimar Oneide Docena pelo PDT. Pelo PT vão Rejane Ahlert Eggers, Margrit Inez Wahlbrink, Clecio Spellmeier e Evanir Roberto Baller. E pelo PMDB: Neusa Unnewehr Hinnah , Glaci Sieben, Celso Moacir Wiethölter,Júlio Cesar Francesquet, Joacir Antônio Docena e Valério da Fonseca.


 Consenso é ato histórico em Anta Gorda

consenso e_ato

 O município que tem 53 anos, pela primeira vez na sua história política realizará um consenso tendo Celsinho Casagranda (PDT) e Madalena Ghelen Zanchin(PP) como pré-candidatos a prefeito e vice. E também é a primeira vez que uma mulher compõe a chapa majoritária.

Com o slogam Juntos Por Anta Gorda, os partidos PDT, PP, PMDB , PSDB, PTB e PT se uniram e lançaram os pré-candidatos a vereador na proporcional, sendo eles: Clécio Roveda (PMDB), Cila Rodrigues de Souza (PMDB), Vera Lúcia Rebelatto (PDT), Airto da Silva (PDT), Alexandra de Col Bettoni (PMDB), Dirceu Sperandio (PMDB), Maristela Pilotti Dametto (PMDB), Jacir Luiz Cenci (PSDB), Marelice Mezzarila Spezia (PMDB).


Candidatura única em  Putinga com Claudiomiro Cenci

candidatura unica

Os empresários Claudiomiro Cenci (PDT) e Enevir Polese (PP) são os pré-candidatos a prefeito e vice, pela coligação Todos no Rumo Certo, com o apoio do PTB, PSDB e PMDB.
O PMDB que apoia a candidatura única vai com cinco pré-candidatos a vereador, sendo eles: Edison Arossi, Aldoir Strapazon, Maira Helena Giacomini, Leonildo Azzolini e Sandra Balbinot, os demais partidos colocam os nomes de: Josmairo Maróstica, Paulo Lima, Mário Rosado, Renata Dalaqua, Adroaldo ANdreolli e Paulo Ramos.
Já o PSB ficou fora do consenso e lançou três pré-candidatos à vereança, sendo eles: Brás Chiesa, Everaldo Ongaratto e Deoclécia Cenci Guilardi.


Montagner e Rovadoschi disputam em Ilópolis

montagner e_rovadoschi_2

Avelino Montagner e Cesar Slaviero

 montagner e_rovadoschi_1

 Edemar Rovadoschi  e Fernando Dapont

 Em Ilópolis, o prefeito Olmir Rossi não quis ir à reeleição e na convenção realizada o PDT, PP, DEM, PT e PCdoB aprovaram os nomes de Avelino Montagner, o Mika(PDT) e Cezar Slaviero (PT) como pré-candidatos pela situação a prefeito e vice.

 Na oposição, o PMDB lança os nomes de Edemar Rovadoschi e Fernando Dapont como pré-candidatos à majoritária em outubro.


Da Croce e Lorenzini na disputa por Relvado

da croce_e_lorenzini_2

 Adroaldo Da Croce e Ari Reginatto

 da croce_e_lorenzini_1da croce_e_lorenzini_3

 Odi Paulo Lorenzini e Clério Rizzi

 O atual prefeito Adroaldo Da Croce(PT) e seu vice Ari Reginatto (PDT) buscam a reeleição pela coligação entre os partidos PTB/PDT/PT/PP como pré-candidatos.

 Já o PMDB vem com os nomes de Odi Paulo Lorenzini e Clério Rizzi na pré-candidatura a prefeito e vice.


Fontana e Velere se enfrentam em Arvorezinha

fontana e_velere_se

O atual prefeito Luiz Paulo Fontana e seu vice Roberto Fachinetto buscam a sua reeleição como pré-candidatos pela Coligação Unidos Para Continuar a Mudança, Arvorezinha Pode Mais, que une os partidos do PSDB,PP, PSB,PMDB, PSD, PPS, PV, PTB e PCdoB. A coligação coloca ainda 22 candidatos a vereador.

Na oposição, vem o ex-prefeito Sérgio Velere (PDT) que encabeça a coligação junto com o empresário Rogério Fachinetto (PDT), que lançaram seus nomes a pré-candidato na disputa da majoritária em outubro, contando ainda com o apoio do PT. A convenção foi realizada no Ginásio de Esportes do bairro Nossa Senhora das Graças com um grande número de pessoas. Na noite, eles não apresentaram a nominata de vereadores.


Cinco candidaturas em Roca Sales

cinco candidaturas_em_5

 Amilton Fontana e Leandro Botega

 cinco candidaturas_em_4

 Fabiane Caneppele e Evaristo Bronca

 cinco candidaturas_em_3cinco candidaturas_em_2

 Nélio Vuaden e Helena Koste

 cinco candidaturas_em_6

 Cleber Scottá e Rodrigo Agostini

 cinco candidaturas_em_7cinco candidaturas_em_1

 Fernando Marasca e Marione Roesler

 Cinco candidatos concorrem a majoritária pelo município de Roca Sales. Entre eles repetem o pleito de 2012, o PMDB, PTB e PSDB.

O atual prefeito Nelio Vuaden busca a sua reeleição em chapa pura tendo como pré-candidata a vice a professora Helena Koste.
O PMDB também vem em chapa pura com os pré-candidatos Amilton Fontana e Leandro Botega, com o slogam “Juntos por Roca Sales”. Eles têm o apoio do PSB que lança candidatos na proporcional a vereador.
Fabiane Caneppele (PTB) também é pré-candidata juntamente com seu vice Evaristo Bronca (PP), que juntos formam a Coligação Roca Sales, as pessoas em primeiro lugar!
Já o Partido Democrático Trabalhista vem com chapa pura lançando o nome do vereador Cleber Scottá (PDT) e do empresário Rodrigo Agostini (PDT) como pré-candidatos a majoritária.
E o Partido Social Democrático traz os nomes de Fernando Marasca e da professora Marione Roesler como pré-candidatos no pleito de outubro.

Pré-candidatos à vereança

PMDB:
• Gilmar Dilkin
• Cleiton Teloken
• Luis Fernando Horst
• Humberto Horst
• Ezequiel Bottega
• Nelson Antônio Vasconcelos Salvador
• Veridiana da Cruz
• Cleonice Maria Vargas da Silva
• Jaquiseli Janaína dos Santos
• Diego Poletti
• Mariani Rosi Queiróz
• Paulo Roberto Gonçalves
• Angélica Maria Lorenzon
• Elizeu José Ludwig
PSB:
• Sandro Kappler
• Ernídio Keller
• Dalta Marisa Rodrigues Maidena
• Jeferson Muller

 Pré-candidatos à vereança - PSDB

• Matheus Piccoli
• Ilma Budke Dentee
• Sebastião Boaventura de Borba
• Getúlio Leonel Seibel
• Bráulio Sadi Rother
• Paulo Germano Koste
• Deise Cristiane da Silva Schwab

 Pré-candidatos à vereança - PDT

 • Loreci de Souza Soares Scherer

• Daiane Lima de Lima
• Maiara Scottá
• Ernani Numer
• Juliano Barzotto
• Luiz Carlos Fin
• Valdemir Ellwanger
• José Colaço
• Edilvano Pereira Santos
• Marino Magedanz

 Pré-candidatos à vereança - PSD

 • Hardi Wünch

• Rute Grabim
• Cristian Ribeiro
• Jacir De Conto
• Jaime Versteg
• Nelson de Souza
• Mauro Ribeiro
• Caio Jacobs
• Vera da Motta
• Jovani Blume

 Pré-candidatos à vereança

PTB
• Henrique Pivatto
• Josefa Rodrigues Leal
• Gilvane Bronca
• Adriano Horbach
• Ivair Zanchett
• Marcelo Cacimiro
• Simone de Sousa Gugel
• Marinês Ellwanger
• Mara Núbia Bratti
• João Zerwis
• Clédison Luiz Cardoso
PP
• Gian Johann
• Rogério Engester
• Adelano Teloken
• Rose da Silva
• Ana Paula da Silva
• Alexandre Gherardt
• Ademar Wünch


Trio de Mallmann disputam a prefeitura de Estrela

 trio3

 Rafael Mallmann 

 trio

 Aloísio Mallmann

 trio de_mallmann_2

 Joel Mallmann

Três candidaturas com três pré-candidatos com o mesmo sobrenome, porém sem um parentesco direto, concorrem na disputa pela prefeitura de Estrela.

O atual prefeito Carlos Rafael Mallmann(PMDB) e o seu vice Valmor Griebeler, ex-PT, agora no PV , vão à reeleição. Com o slogan “Trabalho, diálogo e coração”, eles oficializaram sua pré-candidatura com o apoio de mais cinco partidos: PT, PTB, PSB e PSDB e o PV.

O PSD e o PDT lançaram o nome do ex-vereador Aloísio Mallmann (PSD) e do empresário Carlos Bruxel (PDT) como pré-candidatos a prefeito e vice, confirmando a coligação “Uma nova política com trabalho e competência”.
E pela coligação “Vem com a gente, Estrela pode mais”, entre os partidos PR, DEM, PRB e PPS, foi confirmada a pré-candidatura do ex-vereador Joel Mallmann (PR) a prefeito e do empresário Eduardo Wagner(PR) como vice.


Caumo, Schmitd e Scherer na disputa por Lajeado

caumo schmidt_e_scherer_1

 Luis Fernando Schmidt e Wilson Jacques Filho

 caumo schmidt_e_scherer_2

 Marcia Scherer e Renato Worm

 caumo schmidt_e_scherer_3

Marcelo Caumo e Glaucia Schumacher

 O PP e os partidos aliados lançam como pré-candidatos à prefeitura de Lajeado, os nomes do ex-assessor jurídico da prefeitura, Marcelo Caumo (PP) e da advogada Glaucia Schumacher (PP). 

A base da situação confirma os nomes da dupla atual Luis Fernando Schmidt (PT) e de seu vice Vilsinho Jacques Filho (PTB), na busca da reeleição. A coligação é formada pelos partidos do PT, PTB, PSC, PSB, PR, PRB, PV e PPL.
O PMDB, PDT, Rede, DEM e PPS lançaram os nomes da delegada Márcia Scherer (PMDB) e do radialista Renato Worn(PDT) como pré-candidatos a prefeito e vice.


Uma disputa entre prefeito e vice em Cruzeiro

uma disputa_entre_1

 Lairton Hauschild e João Henrique Dullius

 uma disputa_entre_2

 Cesar Leandro Marmitt e Jorge Sienenborn

Os atuais prefeito e vice-prefeito de Cruzeiro do Sul se enfrentarão na disputa eleitoral deste ano. Eles foram eleitos nas urnas em 2012 e agora seguem caminhos opostos.
O prefeito Cesar Leandro Marmitt, o Dingola,(PP), é o pré-candidato na dobradinha com o empresário Jorge Sienenborn(PDT), que em 2012 foi seu adversário político.
Já o vice-prefeito Lairton Hauschild (PSDB) concorre com o vereador João Henrique Dullius (PMDB) como pré-candidatos a prefeito e vice no pleito de outubro. Eles contam ainda com o PT, PSD, DEM, PSC e PRB como aliados. Já o PTB não se aliou a nenhuma coligação e não indica nomes a nada, deixando livre seus filiados.


Santa Clara do Sul - Eleição reedita pleito de 2008, entre Kolrausch e Fischer

eleicao reedita_pleito_1

 Paulo Kohlrausch

 eleicao reedita_pleito_2

 Fábio Fischer

Em Santa Clara do Sul repete-se o pleito de 2008. O ex-prefeito Paulo Kolrausch (PMDB) é pré-candidato a prefeito, tendo como vice Fabiano Immich que elegeu-se como prefeito em 2012 e licenciou-se para concorrer neste pleito pela coligação “Santa Clara Firme e Forte”, contando com o apoio do PTB.
Do outro lado, o ex-coordenador regional da Saúde, Fábio Fischer (PSDB) encabeça a coligação “Santa Clara para todos”, que terá como pré-candidato a vice o empresário Ademar Wolschick (PDT). Ainda apoiam a candidatura o PP e o PT.


Prefeito Lourival enfrenta vereador Jonas em Muçum

prefeito lourival_enfrenta_1

 Lourival de Seixas e Lauro Fronchetti

 prefeito lourival_enfrenta_2

 Jonas Caron e Miguel Capalonga

No município de Muçum, o atual prefeito Lourival de Seixas (PMDB) e seu vice Lauro Fronchetti ex- PT, hoje PSD, vão à reeleição como pré-candidatos na busca da continuação de seu trabalho junto ao município. Com eles ainda vai o PDT.
Na oposição, vem o jovem vereador e advogado Jonas Caron (PP) e o ex-vereador e bancário Miguel Capalonga (PP). Eles concorrem como pré-candidatos a prefeito e vice com o apoio do PSDB e PT.


Laste e Martini na busca dos votos dos brescienses

laste e_martini_na_1

 Diógenes Laste e Helena Daroit

laste e_martini_na_2

Marcos Martini e Adilar Lorenzon

Em Nova Bréscia, o atual prefeito Gilnei Agostini não vai à reeleição e pelo seu partido, o PP vai o pré-candidato ex-prefeito Diógenes Laste tendo como vice a ex-secretária da saúde Helena Daroit. Eles contam ainda com o apoio do PTB e do PT.
Na oposição, vem o professor Marcos Martini, o Kiko, pelo Partido Democrático Trabalhista, tendo como pré-candidato a vice Adilar Lorenzon pelo PMDB. Eles buscam a majoritária no pleito de 02 de outubro.


 Conte e Valer os nomes de Coqueiro Baixo

conte e_valer_os_nomes_1

 Jocimar Valer e Valmor José Salvi

 conte e_valer_os_nomes_2

 Flávio Conte e Irineu Rizzi

Este ano os coqueirenses têm dois nomes novos na política que disputam a majoritária. Eles já são envolvidos na política, pois atuaram e atuam no legislativo municipal.
Pela situação, os vereadores Jocimar Valer (PMDB) e Valmor José Salvi (PMDB) lançam seus nomes a pré-candidato a prefeito e vice com o apoio do PDT, com a coligação Unidos por Coqueiro Baixo.
Na oposição vem o Partido Progressista com os pré-candidatos, o ex-vereador Flávio Conte e o vereador Irineu Rizzi. Eles contam com o apoio do PSDB e buscam a vaga de prefeito e vice em outubro.


 Vespasiano Corrêa - Marcelo Portaluppi e Leonir Rosolen repete eleição de 2012

marcelo portaluppi_e_leonir_1

Marcelo Portaluppi

 marcelo portaluppi_e_leonir_2

Leonir Rosolen

O atual prefeito de Vespasiano Corrêa, Marcelo Portaluppi (PP), vai à reeleição e enfrenta seu antigo adversário no pleito de 2012, Leonir Rosolen (PMDB). A situação vem com os pré-candidatos Marcelo Portaluppi e o vice Áurio Coser ambos do Partido Progressista. A oposição vem com os pré-candidatos Leonir Rosolen e Leonir Balerini ambos pelo PMDB.
Vespasiano Corrêa é um dos poucos municípios que mantém as suas origens partidárias no PMDB e PP, pois outros partidos lá não se criaram.


São Valentin do Sul - Geri Macganan e Ivanir Zandavalli na disputa da prefeitura

 geri macagnan_e_ivanir_2

Geri Macagnan

 geri macagnan_e_ivanir_1

Ivanir Zandavalli

 Em São Valentim do Sul, após a realização das convenções, foram determinados os pré-candidatos que buscarão o comando do município em 02 de outubro.

Pela situação governista, vai o advogado Geri Macagnan como pré-candidato a prefeito pelo PMDB, tendo o ex-vereador Adelar Bertuzzo como vice pelo (PSB). O PSDB apoia a coligação lançando um candidato a vereador.
Na oposição, foi lançada a chapa contendo como pré-candidatos o atual vice-prefeito Ivanir Zandavalli(PTB) como prefeito e o ex-vereador Ivaldo Filipe Chiella(PDT) como vice-prefeito.


 Lelo e Gilnei disputam em Imigrante

lelo e_gilnei_disputam_2lelo e_gilnei_disputam_1

 Celso Kaplan e Gilnei Dahmer

 Em Imigrante, a atual chapa governista formada por Celso Kaplan, Lelo (PP) e Charles Porsche (PT), buscam a reeleição como pré-candidatos neste pleito de outubro, repetindo a mesma dupla.

Na oposição, o PMDB vem com o pré-candidato a prefeito, o vereador Gilnei Dahmer e Roberto Doertzbacher como vice.


Horst enfrenta Hermann em Colinas

horst enfrenta_hermann_2horst enfrenta_hermann_1

 Irineu Horst e Sandro Hermann

 Em Colinas, o atual prefeito Irineu Horst lançou seu nome como pré-candidato a prefeito pelo PMDB tendo como seu pré-candidato a vice Ademar Reiger (PT), repetindo a dobradinha da última eleição.

 Na oposição, vêm o empresário Sandro Hermann pelo PP e Regina Sulzbach pelo PTB, como pré-candidatos à majoritária. Sandro é filho do ex-prefeito Ari.


 Klaus e Kasper na disputa em Arroio do Meio

klaus e_kasper_na_disputa_1klaus e_kasper_na_disputa_2

Klaus Schnack e Gustavo Kasper

 Em Arroio do Meio, serão duas as candidaturas, sendo que os que concorrem pela situação são os pré-candidatos o ex-vice-prefeito Klaus Schnack (PMDB) como prefeito e a ex-secretária de Educação, Heloíse Hammes (PT) como vice. Ainda compõem a chapa os partidos do PTB e DEM.

A oposição confirmou os nomes dos pré-candidatos o ex-vereador Gustavo Kasper (PP) a prefeito e Lúcio Bersch(PP) a vice. O PRB integra a composição, lançando candidatos a vereança.
O PDT não apoiará nenhum dos lados e concorre na proporcional para vereador sozinhos.


 Cátea e Demichei disputam a prefeitura de Doutor Ricardo

Ctea e_Demichei_disputam_a_prefeitura_de_Doutor_Ricardo

 Cátea Rolante e Álvaro Giacobbo

 Ctea e_Demichei_disputam_a_prefeitura_de_Doutor_Ricardo1

 Darci Demichei e Neuro Arcari

 Em Doutor Ricardo, o PMDB decidiu na sexta-feira, dia 05, os nomes da ex-primeira dama Cátea Rolante e do empresário Álvaro Giacobbo para a pré-candidatura na busca da majoritária no pleito de outubro. Na história deste município jovem, é a primeira vez que o cargo maior do executivo uma mulher busca a eleição.

Pelo PP e PDT, Darci Demichei e Neuro Arcari serão os pré-candidatos a prefeito e vice. A definição foi anunciada por volta das 23 horas da sexta-feira, dia 05, em convenção realizada no Galpão da Família Balestro, na Linha Bonita Alta, onde foi decidida pela coligação de ambos os partidos.


 Dickel e Markus disputam Paverama

Dickel e_Markus_disputam_PaveramaDickel e_Markus_disputam_Paverama1

 Vanderlei Markus e Eldo Dickel

Dois irmãos vão em busca da prefeitura de Paverama neste pleito, como adversários políticos. O ex-prefeito Elemar Dickel, o Branco (PDT), será pré-candidato a vice do atual prefeito, Vanderlei Markus (PMDB), que busca sua reeleição, Com eles ainda está o PRB.
Já o irmão de Elemar, o vereador Eldo Dickel, é o pré-candidato a prefeito pelo PP e tem como seu vice o vereador Carlos Alberto Hartmann, o Betinho (PSDB). Eles ainda contam com o apoio do PTB.
Mas há ainda uma terceira via que é formada pelo ex-coordenador regional de saúde e ex-secretário da saúde do município, Fabiano Brandão (PSB) e o vereador João Edson de Oliveira Moraes, o Branquinho (PT), que vão como pré-candidatos a prefeito e vice.


 Biondo, Bronstrup e Forneck na busca do voto em Teutônia

biondo bronstrupp_e_2

Evandro Biondo

biondo bronstrupp_e_1

 Jonathan Bronstrup

 biondo bronstrupp_e_3

 Celso Forneck

 Em Teutônia, ficaram definidas três candidaturas na busca do comando do município. O PMDB, PP. PPS e PT lançaram a coligação “Unidos por Teutônia”, com os pré-candidatos Evandro Biondo (PMDB) atual vice-prefeito e a professora Mariane Scherer (PP).

O PSDB e o PSD lançam os pré-candidatos Jonathan Bronstrup a prefeito e Valdir do Amaral, o Dirinho (PSD). A coligação “Por uma Teutônia melhor”, conta ainda com o DEM, PRB e PSB.
E o Partido Democrático Trabalhista definiu seus pré-candidatos em chapa pura. Eles levam para as urnas os nomes do ex-diretor do IECEG (Instituto de Educação Cenecista General Canabarro) Celso Forneck e a agricultora Sandra Tieggmann. A coligação “Teutônia somos todos nós” tem o apoio do PT e PTB.


 

 Demais pré candidatos a majoritária:

Cidade Candidatos Partidos
Bom Retiro do Sul Diogo Antoniolli e Paulinho Mates PTB,DEM, PP,PDT, PSD, PR, PSDB, PRB e PCdoB
Edmilson Busatto e Eder Eduardo Muller Cicieri PPS, PSB, PT e PTdoB
Boqueirão do Leão Luiz Augusto Schmidt e Ademir Dalbosco PDT,TSB e PTB
Paulo Joel Ferreira e Dilmarcos Richecky PMDB, PT e PSDB
Capitão Fabiano Daltoé e Cristiano de Almeida PP,PDT e PT
Saulo César Sheidt e Daniel Hunhoff PMDB/PSDB
Canudos do Vale Luiz Alberto Reginatto e Vilson Pedro Schimdt PMDB/PDT/PP/PTB/PT (consenso)
Dois Lajeados Moacir Olmi e Henrique Capitanio PT/PPS/DEM/PTB/PDT/PSB
Tiago Grando e Fabiana Giacomini PMDB/PV e PP
Edgar Bassani e Daniela PSDB
Fazenda Vilanova Pedro Dornelles e Neuza Inez Fell PDT/PTB/PSD E PRB
José Cenci e Roque Vargas PP/PSB
Forquetinha Heitor Luiz Groders e Jaqueline Bottoni PMDB
Marcelo Schmitz e Guido Schmitz PTB
Paulo Grunewald e Rene Becker PP/PSDB
Marques de Souza Gelcy Arend e Edgar Kassne PP/PMDB E PSB
Edmilson Dör e Lucas Stoll PTB/PT E PDT
Mato Leitão Carmen Goerck e Sérgio Luiz Machado da Silva PP/PTB/PT
Carlos Bohn e Arli Stheor PSDB/PDT
Poço das Antas Vania Brackmann e Laurentino Flach PDT/PMDB
Ricardo Flach e Laercio Klein PP/PSDB/PT/PTB e PSB
Pouso Novo Ari João Strapazão e Rodrigo Vinhatti PMDB/PSB
Aluizio Brack e Lidiane Nardino PTB/PT
Moacir Luiz Severgini e José Antonio da Silva PDT
Progresso Gilberto Constantin e Adriano Guaragni PDT e PP
Valmir Girardi e Nadir Pinton PTB/PMDB e PT
Sério Moacir Rodrigues e Dolores Kunzler PDT e PP
Elir Sartori e Paulinho José Araldi PMDB/PT
Tabaí Arcélio Cardoso e Nelson Machado DEM/PMDB/PSB/PSDB
Osvaldo Machado e Adriano Souza PP/PDT/PTB
João Brandão e Quiquito PT
Taquari Emanuel Hassen de Jesus e André Luiz Barcellos PT/PDT/PCdoB/PTB/PRB/PSB
Cláudio Martins e João Batista PSDB/PMDB/PP/PSC/DEM/PPS
Travesseiro Ariberton Quinot e Ildo Godoy PMDB/PTB E PP
Genésio Hofstetter e Sérgio Nied PSB/PT

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Residências são danificadas por forte chuva de granizo

E-mail

Putinga – Um temporal de granizo, na noite de domingo, 30 de setembro, por volta das 21h, destelhou, segundo levantamento da Administração Municipal de Putinga, mais de 100 residências no município, fazendo com que fosse decretado estado de emergência.

Conforme o Secretário Municipal da Administração, Élson Streck, o fenômeno durou cerca de 20 minutos, a precipitação foi mais intensa na região central, “em um raio de 2km, onde o temporal passou, ele varreu o que tinha na frente”, relata Streck.
Os automóveis que no momento se encontravam estacionados nas ruas também foram danificados. Após o gelo derreter o estrago continuou, estabelecimentos comerciais da área central foram inundados. O telhado do parque de máquinas, composto por uma estrutura de metal, não suportou o peso das pedras de gelo e desabou.
O granizo também causou danos em galpões no interior do município, de acordo com o Secretario da Agricultura de Putinga, Renato Froza, foram cerca de 10 aviários e 6 chiqueiros atingidos, além de algumas residências.
Perdas significativas nas lavouras também serão sentidas nos próximos meses, a safra de algumas culturas está comprometida, “cerca de 40% do interior foi atingido”, lamenta Froza. O prejuízo total estimado deverá ultrapassar a casa de R$ 1 milhão.
A chuva voltou no amanhecer da segunda-feira, a comunidade se solidarizou e muitos ajudaram a cobrir as residências atingidas. Por volta das 9h da segunda-feira, já não havia mais estoque de lonas no comércio do município. Na área urbana mais de 20 famílias ficaram desabrigadas.
Segundo Eliane Mazocco, Secretária de Assistência Social, foram registrados cerca de 350 cadastros de residências, empresas e instalações atingidas pelo fenômeno. As aulas na Creche Municipal e na Escola Estadual de Ensino Médio Padre Domênico Carlino foram suspensas até que os reparos sejam realizados.

residencias sao_danificadas_1

residencias sao_danificadas_3

residencias sao_danificadas_2

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Ilópolis sedia a partir de hoje a 4ª Festa das Etnias

E-mail

 

Ilópolis está com tudo pronto para a 4ª edição da Festa das Etnias, que tem início hoje, sexta-feira, 13, e segue até domingo, dia 15. O evento, que teve sua última edição em 2008, ocorre na Praça Itália. Com o tema “Lendo a Diversidade”, a festa procura resgatar os valores étnicos, os costumes e, também, promover a integração de diversos povos, através do canto, do teatro, das danças, da música, do artesanato típico, da gastronomia, dos trajes típicos e de outras atividades.
Conforme a secretária municipal do Turismo, Desporto e Lazer, Ariana Helena Maia Cittolin, esta edição do evento tem foco na literatura e por isso apresenta novas opções de dança, arte e entretenimento. “Também queremos que a comunidade perceba a diversidade e se encante com o que foi proposto, para agregar mais conhecimento e viver cada vez melhor”, explica.
A entrada nos três dias de festa é gratuita. O evento está sendo organizado pela Administração Municipal em parceira com a Região dos Vales Procultura e conta com o patrocínio da Erva Mate Ximango, da Ervateira Rei Verde, da Cerfox e do Moinho Sangalli. A 4ª Festa das Etnias tem o financiamento do Pró - Cultura RS da Secretaria de Estado da Cultura.

Confira a programação:
13 de março (sexta-feira)
18h30min - Acolhida das autoridades e visitantes
19h - Abertura oficial da 4ª Festa das Etnias. Abertura da Feira do Livro e Exposição Fotográfica
20h - Coral AABB Vida e Canto com apresentação de cantos da música brasileira, italiana, alemã e africana
21h - Dança Afro com o grupo Herdeiros de Zumbi
21h30min - GAN Anita Garibaldi com apresentação de Danças Birivas
22h - Show com Beto Pires

14 de março (sábado)
8h - Abertura da Feira do Livro e Exposição Fotográfica
9h - Contação de história
10h - Espetáculo “20.000 léguas de leitura divertida”
11h - Danças Afro-brasileiras com o Grupo Quilombos
14h - Espetáculo da “Peça 4 contos de teatro de bonecos”
15h - Apresentação de capoeira, dança do Maculelê, acrobacias, atabaques e berimbau com o Grupo Oxossé e Mestre Karkará
16h -Espetáculo “20.000 léguas de leitura divertida”
17h - Orquestra Municipal de Encantado
19h - Danças Contemporâneas com o grupo Corpo e Movimento do CRAS de Ilópolis
19h30min - Danças Tradicionais Gaúchas referenciando a cultura italiana com o CTG Querência do Mate
20h - Dança Árabe com Mônica Mahasin
21h - Escolha das Soberanas
22h - Show com Sinandra Tesser
23h - Show com Joca Martins

15 de março (Domingo)
8h30min - Recepção no Santuário São Paulo Apóstolo com Banda Marcial e Grupo de Flautas de Ilópolis
9h - Celebração Religiosa em homenagem aos 10 anos de Gemellaggio entre as cidades coirmãs de Ilópolis-RS/Brasil e Auronzo Di Cadore Belluno/Itália
10h - Abertura da Feira do Livro e Exposição Fotográfica
10h30min - Descerramento da Placa de denominação do Centro Social e Cultural de Ilópolis
14h - Apresentação de hip hop da Raízes Árabes Escola de Dança
14h30min - Dança Alemã com sapato de pau do grupo Westfália Tanzgruppe
15h e às 16h - União Etnias Ijuí com dança Italiana, Letos, Espanhola e Portuguesa
18h - Orquestra Municipal Marques de Souza
19h - Encerramento com Show Ragazzi Dei Monti

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Heroínas em casa e no trabalho

E-mail

 

 

Na última terça-feira, dia 8 de março, comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Sim, sabemos que elas são merecedoras de nossa gratidão, mas não custa ressaltar o nosso respeito por elas -  sejam mães, filhas, esposas, amigas, donas de casa ou profissionais de qualquer segmento. E para homenageá-las, o jornal Antena escolheu um trio de mulheres guerreiras mais que especial para dizer a todas: parabéns pelo seu dia, mulher!

Enquanto você dorme, se diverte nas baladas dos finais de semana, enquanto toma chimarrão com familiares e amigos, elas estão de prontidão a te atender caso algo atente contra a sua vida. Estas mulheres – assim como muitos homens também - trocam o conforto dos seus lares e convívio com seus entes queridos, para ficar disponíveis a te prestar socorro caso você sofra um acidente de carro enquanto volta de uma viagem ou se afogue na piscina com amigos em um domingo ensolarado.
Rosane Didoliche (33), Tatiane Zorgetz (33) e Franciele Mucelin (25) são socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Jovens, sorridentes e competentes, elas conciliam a vida de profissionais da saúde aos papeis de mãe, esposa, filha, noiva, amiga... Diariamente, elas lutam contra o relógio para dar às vítimas que recebem seus cuidados mais tempo de vida e, nos “bastidores”, dedicam-se aos afazeres da casa, da família e de suas imagens: “precisamos também nos cuidar, nos mantermos apresentáveis e bonitas”, contam.
Cada uma tem a sua própria história, seus próprios desafios, mas as três compartilham um sentimento muito verdadeiro: o amor. Você, certamente, já deve ter ouvido a expressão “é muito amor envolvido”, usada para descrever momentos, relacionamentos ou interações. Neste caso, é muito amor envolvido entre estas mulheres e sua profissão. Para elas, cada dia é uma nova chance de salvar uma vida ou dar conforto nos últimos momentos de alguém.
Rosane é casada há nove anos e ainda não tem filhos. Tatiane é recém-separada e mãe de Isadora, de quatro anos. Franciele é noiva e reside em Doutor Ricardo, onde já planeja a vida ao lado do amado. Todas trabalham na unidade de Encantado e contam ainda com a colega Carine Santos, que também é socorrista, mas está de licença maternidade, à espera de Catharina, que deve chegar ainda neste mês. Ao lado destas quatro guerreiras, seis homens compõem o time do Samu de Encantado.
O início
Nossas três heroínas são técnicas em enfermagem, com experiência em hospitais e prontos socorros. Tatiane é a veterana do trio, com cinco anos atuando no Samu. Rosane está no trabalho há um ano e meio e Franciele é socorrista há seis meses. Chegaram ao Samu através de apresentação de currículos e muitos cursos. Fazem o sistema 12/36 horas – trabalham 12h ininterruptamente e folgam 36h. Independentemente de ser dia, noite, feriado, Natal ou aniversário: emergências não escolhem data e não respeita datas festivas.
Atuar junto ao Samu era sonho antigo destas mulheres. “Eu ouvia a sirene longe e sonhava em poder trabalhar no Samu, ajudar as pessoas que precisam”, lembra Tatiane. Rosane faz coro com a colega, mas destaca que, assim como qualquer outra profissão, esta também tem seus desafios. “O óbito é sempre uma possibilidade. Por mais que o profissional dê tudo de si, nem sempre é possível salvar algumas pessoas. Claro que fomos preparados para estas situações, mas é sempre um momento difícil também para nós”.

A base
Para lidar com a carga emocional em virtude do trabalho, estas mulheres encontram na família um forte alicerce. “A família tem que estar junto conosco, saber que não temos finais de semana ou feriados”, destaca Franci.
Rosane conta que o marido, Mauri Pacini (39), é quem lhe dá um grande apoio. “Minha família mora longe, então meu marido é quem me dá este suporte. É ele quem alivia meu coração”, frisa.
Tatiane conheceu o ex-marido por intermédio do Samu e chegaram a trabalhar juntos. Hoje, ele atua em outra empresa, mas ainda como socorrista. É da época que ela e Alciano trabalharam juntos que ela tem uma das mais marcantes histórias da carreira no Serviço de Urgência. “Eu estava grávida, e o Samu foi acionado para atender ao caso de um menino de quatro anos que se afogara. Infelizmente, o menino foi a óbito, e aquilo mexeu muito comigo, por ser uma criança, por não termos conseguido salvar, mesmo dando tudo de nós, e por eu estar grávida”, lamenta.
Tati conta que a situação dolorosa, muitas vezes, faz com que os familiares agridam verbalmente os socorristas. “Por vezes, alguns questionam a demora da nossa chegada, mesmo que, depois de acionados, temos poucos segundos pra sair”, explicam. A morte também gera constrangimentos. “Todas as vezes, sem exceção, fazemos todo o possível para salvar um paciente, mas nem sempre isso é possível. Algumas vezes chegamos ao local do ocorrido já com a vítima em óbito, outras, o caso é grave e não há o que possa ser feito, mas sempre tentamos, nem que seja pra dar conforto aos seus últimos momentos de vida. E alguns familiares nos culpam: xingam, gritam, nos insultam”, dizem.
Apesar das histórias que terminam de forma triste, muitas outras têm final feliz. “Há pouco tempo, fomos acionados por causa de uma senhora que estava com falta de ar. Ela foi atendida, medicada e ficou bem. Além de ser maravilhoso perceber que eu contribuí para salvá-la, ver os familiares agradecendo não tem preço. Cada vida vale o esforço”, comenta Franci.

Um amor desafiador
O trabalho destas mulheres exige muita coragem e calma, afinal, muitas vezes, elas têm nas próprias mãos a vida de outras pessoas. O treinamento, para homens e mulheres, é o mesmo, mas no dia a dia elas percebem uma diferenciação: o respeito. Tati, Rosane e Franci comentam que é comum que curiosos se concentrem ao redor de cenas de acidente e, por vezes, acabam atrapalhando o trabalho dos socorristas. Com isso, elas precisam pedir licença para a multidão, a fim de liberar espaço. “É incrível, mas a população não costuma nos dar ouvidos. Nem se berrarmos eles dão licença, mas tudo muda quando um dos policiais ou dos bombeiros pedem. Se for homem, as pessoas respeitam mais. Às vezes, parece que por sermos mulheres não temos autoridade neste quesito. Não pedimos que saiam para mandar, é porque precisamos de espaço para salvar vidas”, comentam.
Já entre a equipe, tudo é diferente. “Nossa equipe é maravilhosa. Nunca tivemos problemas de falta de respeito por parte dos colegas. Somos mesmo uma grande família”, comenta Franci. “Além de um bom relacionamento profissional entre nós, somos amigos e ainda contamos com a ajuda dos municípios, dos bombeiros, da Brigada Militar. Todos juntos em prol da vida”, comenta Tati.
Apesar das adversidades do trabalho, as três concordam que a profissão de socorrista exige mais do que dedicação e conhecimento técnico. “Nos cursos, tu aprende a fazer um curativo, a imobilizar um membro, mas o principal ingrediente é o coração. E o amor para isso tu não aprende na faculdade”, finaliza Rosane.

Sempre contra o tempo
O Serviçode Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Encantado, conta com 10 socorristas e condutores – quatro mulheres e seis homens – que atuam 24 horas por dia, sete dias por semana para atender a casos de urgência e emergência nos municípios de Encantado, Roca Sales, São Valentim do Sul, Muçum, Dois Lajeados, Nova Bréscia, Relvado, Doutor Ricardo e Vespasiano Corrêa.
Ao discar 192, sua ligação é atendida pela Central de Regulação Médica de Urgência. A telefonista fará algumas perguntas: motivo da ligação, endereço, município, ponto de referência e, em caso de acidentes, o número de vítimas. Alguns telefonistas do Samu já utilizam protocolos de triagem para encaminhamento mais rápido do chamado ao médico regulador. Neste caso, outras duas perguntas serão realizadas: A vítima está acordada? A vítima está respirando? Posteriormente, a ligação é transferida para um médico regulador, que faz o provável diagnóstico, orienta sobre as primeiras ações e avalia a necessidade de envio de uma ambulância. Esta avaliação é feita a partir das informações que você fornece por telefone, por isso é necessário estar junto ao local em que se encontra o paciente. Esta norma, preconizada pelo Ministério da Saúde, tem por objetivo garantir o encaminhamento mais adequado e permite que o médico regulador vá prestando as primeiras recomendações sobre o socorro, ainda pelo telefone, enquanto a pessoa aguarda a chegada da ambulância.
A regulação (nome dado às chamadas feitas para a Central) é obrigatória e precisa ser concluída: caso você desligue o telefone antes da finalização do atendimento, o chamado é anulado e precisa ser refeito. Ao chamar o Samu, tente responder todas as perguntas solicitadas e mantenha a calma: as ambulâncias só podem ser liberadas após a conclusão da regulação. As informações colhidas são de extrema importância para definir o tipo de ambulância que será enviada e as orientações que serão fornecidas até a chegada da equipe do Samu no local.
As socorristas afirmam que, apesar de amplamente divulgadas, algumas normas não são respeitadas. É obrigatório dar passagem a uma ambulância, por exemplo. “Mas a maioria dos motoristas não o fazem”, lamentam.
Outro ponto ressaltado pelas profissionais é a motivação dos chamados. O Samu atende urgência e emergência. “O sistema foi criado para atender casos que representem risco à vida das vítimas, ou que sejam potencialmente graves. Uma unha encravada não conta”, destacam.
A falta de respeito com o serviço também é realidade do trabalho. “Ainda existem trotes. Há algum tempo, por exemplo, fomos até São Valentim do Sul para atender um chamado. Chegando lá, descobrimos que era um trote”, lembra Tatiane. “Neste tempo, poderia ter ocorrido algo grave e talvez não chegássemos a tempo de salvar uma vida”, explica.

heroinas em_casa

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Coqueiro Baixo - Um brinde aos 20 anos do município

E-mail

 

A Comunidade de Coqueiro Baixo viveu uma semana intensa de 11 a 16 de abril para comemorar suas duas décadas de emancipação político-administrativa. Depois de palestras, gincana, teatros, apresentações artísticas e muita alegria, os festejos culminaram com uma programação especial no sábado, dia16.
As atividades começaram ainda pela manhã, com momentos religiosos. Depois de um desfile pelas ruas da cidade, veículos e maquinários agrícolas foram abençoados, para garantir proteção divina em seus caminhos.
Na sequência, uma missa especial reuniu fiéis na igreja. Após a celebração religiosa, a comunidade e visitantes encontraram-se na capela São José para um delicioso almoço festivo. À tarde, a comemoração seguiu com festa animada pela Banda Dose Dupla.

Entrega de premiação
Foi no sábado, também, que ocorreu a entrega da premiação da II Gincana Unirse Per Divertise.
As equipes Uniti Pela Salute e Via de Vanti que Vinhemo acabaram empatadas. Assim, a comissão organizadora entregou a ambas um troféu e carnes para os grupos prepararem deliciosos churrascos enquanto rememoram o evento.
Os alunos vencedores do concurso Zika Vírus também receberam seus prêmios. A atividade incentivou os estudantes a criarem uma frase, desenho ou redação sobre o tema.
Reencontro
Durante a tarde, ainda ocorreu um momento “nostalgia”. Isto porque um grupo especial se reuniu, reforçando os laços da amizade e aumentando o clima de integração da festa. Os primeiros formandos do 8º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Donato Caumo, cuja formatura aconteceu em 1970, se reencontraram, reunindo a turma depois de 46 anos. O grupo composto de cerca de 15 pessoas pôde aproveitar a oportunidade para relembrar o tempo de escola, quando Coqueiro Baixo ainda não era município, e a localidade pertencia a Nova Bréscia.

O município
Coqueiro Baixo se tornou município por decreto, mas um decreto que só veio depois de muito trabalho. No início da década de 1990, uma notícia de que um decreto estadual iria tornar município várias localidades do Rio Grande do Sul entusiasmou os moradores da região. Interessados em transformar a pequena localidade de Coqueiro Alto em município, um grupo se reuniu para trabalhar em prol de um novo município.
Assim, em 1992, começou a luta que durou até 1996, quando, finalmente, a antes Linha Coqueiro Baixo se emancipou de Nova Bréscia, dando origem à Terra da Canção Italiana.

um brinde_aos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 11 de 191