Jornal Antena - Encantado RS

Monday, Sep 15th

Last update11:35:36 PM GMT

Você está na seção:

Jornal Antena - Encantado RS

Mais de 50 duplas enfrentaram o Taquari

E-mail

Estrela - O primeiro Desafio de Canoagem “Só para Elas”, que ocorreu no sábado, dia 3, no Parque Municipal da Lagoa, é mais um evento que demonstra a união, força, garra e determinação do sexo “frágil”. As 55 duplas inscritas para as provas, não se acanharam com o remo e muito menos temeram as águas do Taquari, enfrentando provas de 500 metros, um quilômetro e dois quilômetros. Para o secretário de Esportes e Lazer, Nardir Rosemundo Steffens (Gardel), o evento foi marcado pelo sucesso, organização e pelo empenho das mulheres. “Foram mais de 100 mulheres que participaram do desafio, todas elas independente da idade mostraram a versatilidade da mulher moderna, sem perder o encanto e a beleza do feminino”, ressalta. O evento foi realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel), em parceria com a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Estrela e secretarias da Saúde e Assistência Social, e, Meio Ambiente.

mais de_50_duplas_4

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Milionário e José Rico na 5ª Leitão Fest

E-mail

 

Putinga - A comunidade de Linha Quadros, juntamente com a administração municipal e comissão organizadora da 5ª Leitão Fest, recepcionou no dia 31 de março, num sábado ao meio-dia, a imprensa regional, para apresentar o cardápio oficial da Leitão Fest, que inicia hoje em Putinga e vai até o domingo.
A 5ª Leitão Fest acontece em paralelo com a 3ª Expo-feira Comercial e Industrial de Putinga. Durante os três dias de feira haverá palestras, inauguração do Memorial do Leitão, muita gastronomia suína e shows. No encerramento oficial da feira acontecerá o show da dupla nacional Milionário e José Rico, que deverá levar uma grande multidão ao município.
O presidente da feira, Jeferson Trevisol, espera um público superior a 30 mil pessoas no decorrer dos três dias. Ele destaca a pujança do município, tanto no setor primário como nas demais áreas. “A Leitão Fest tem como objetivo incrementar e incentivar o nosso produtor, por isso a comunidade de Linha Quadros que é a encarregada de cuidar do salão gastronômico já está preparada, com as dezenas de pratos que compõem o cardápio que será a base da carne suína”, diz Jeferson.
O interessante é que a cada edição da feira é escolhida uma comunidade para preparar o cardápio.
Segundo o prefeito Valdir Possebom, isso gera uma competição saudável entre as comunidades, que além de cada vez mais incrementar os pratos, o valor arrecadado fica para a própria comunidade.
Neste ano o valor do cardápio fica em R$ 20,00 por pessoa.
Mas além da parte gastronômica, Putinga quer mostrar o seu potencial e a sua hospitalidade para todos os visitantes. Participem!

milionario e_jose_rico_na_2

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Cancelas abertas na praça de Encantado

E-mail

 

O Juíz da 2º Vara de Encantado, Luis Antônio de Abreu Johnson, deferiu na tarde de terça, 8, o pedido em liminar do Ministério Público para a interrupção da cobrança dos pedágios na praça de Encantado.
A ação movida pelo MP contra a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) aponta a ineficiência dos serviços prestados pela estatal, bem como a falta de um contrato de gestão entre a empresa e o Estado.
De acordo com o despacho do Juíz, além da interrupção das cobranças do pedágio, a empresa terá que apresentar toda a documentação contábil referente aos recursos aplicados no trecho da ERS 129 e 130 no prazo de dez dias e ainda a apresentação de minuta de edital de processo licitatório para disponibilização de serviços de socorro médico e mecânico, no prazo de 30 dias. O não cumprimento das exigências resultará em multa diária de R$ 100 mil, para cada ponto descumprido.
Conforme o promotor que moveu a ação civil pública em defesa do consumidor, André Eduardo Prediger, os agravantes contra a EGR estão na falta de transparência sempre que questionada sobre prazos da prestação de serviços como guincho e ambulâncias. Além disso, Prediger ressalta a insatisfação dos usuários com relação às condições de má conservação das rodovias, a não retirada de animais mortos e demais objetos que atrapalham o trânsito, falta de sinalização e total ausência de serviços de socorro médico e mecânico, considerando que as tarifas foram reduzidas em apenas 25% com relação à antiga concessão que oferecia os referidos serviços. Destacou ainda que, segundo divulgado no site da empresa, a EGR desembolsou no trecho da ERS 129 e 130 o correspondente a apenas 27,11% do total arrecadado. Sendo assim, os recursos necessários para a manutenção e melhoria das estradas do trecho Lajeado- Guaporé, não estão sendo devidamente aplicados, enquanto milhares de condutores e usuários estão sendo lesados diariamente pela inexecução e deficiência dos serviços que deveriam ser prestados.
Diante disso, a interrupção das cobranças deve seguir até que todas as exigências deferidas pelo Juíz sejam cumpridas.
• Mariéle Gomes Gross

 

cancelas abertas_2

cancelas abertas_1

Promotor André Prediger, o autor da ação

cancelas abertas_3

 

Juiz Luis A. de Abreu Johnson deferiu a sentença

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Um pai sem filhos “Ela voltou a ser um bebê”

E-mail

Durante boa parte de sua vida, Santina Bampi Luft cuidou dos sete filhos, cinco mulheres e dois homens. Agora, as coisas mudaram. Com o avanço da idade, os herdeiros é quem cuidam da progenitora. Rogério Luft tem 49 anos, e é quem encabeça os cuidados com a mãe. Dona Santina foi diagnosticada com o Mal de Alzheimer há 14 anos. A doença neuro-degenetativa provoca o declínio das funções intelectuais, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social e interferindo no comportamento e na personalidade. Rogério conta que a mãe manifestou a doença no ano de 2000. “Ela acordava de madrugada, trocava de roupa achando que precisava sair, deitava e em alguns minutos levantava, achando que já havia dormido o suficiente”, relembra. Levada ao médico, dona Santina ficou internada por uma semana, até receber a notícia da doença. “Levamos ela ao médico sem esperar algo desta gravidade. Achamos que logo ela voltaria para casa, curada. Foi chocante, aceitar que ela iria ficar deste jeito”, revela. Aos 85 anos, dona Santina já convive com a doença há quase uma década e meia. Neste tempo, os filhos viram a progressão da enfermidade. O que começou com uma depressão e esquecimentos simples se tornou algo mais grave. Hoje, a aposentada não fala, não caminha e é alimentada por sonda. “Ela voltou a ser um bebê. Até dizem que esta é uma das características da doença, já que a pessoa volta a viver e agir como nos seus primeiros anos de vida”, explica Rogério. E o encarregado de cuidar deste “bebê” é Rogério, que mora com ela. Enquanto está no trabalho, as irmãs o ajudam. “Como chego em casa à noite, cada dia uma das minhas irmãs dorme aqui, para cuidar dela. A mãe precisa ser alimentada e de madrugada, também é preciso trocar suas fraldas”, conta. Sem a capacidade motora, dona Santina recebe os cuidados médicos no lar. “O médico realiza as consultas aqui em casa, e, se precisar, podemos o chamar para vir aqui”, conta Rogério. Morando com ela desde que nasceu, Rogério abdicou de muitas coisas da vida em decorrência daquela que o trouxe ao mundo. Moradores do Bairro Navegantes, ele diz que largou o futebol em função da atenção que a mãe precisa. Namorada? Não. “Já faz um tempo que não tenho, mas às vezes saio para bailes”, explica, afirmando que, com o agravamento da doença da mãe as suas saídas tem se tornado cada vez menos freqüentes. Este pai que não tem filhos biológicos divide seu amor com a progenitora e os sobrinhos, mas até alguns anos, possuía dois “filhos”, frutos desta inversão de papeis. Além da mãe, enferma há 14 anos, Rogério tinha o pai, que também precisou de atenção especial até o final da vida. “Ele usava tubo de oxigênio para respirar. A mãe ficava em um sofá e ele em outro e, mesmo sem ela poder responder, ele conversa muito com ela”, comenta. Seu Rubem tinha problemas pulmonares e, mesmo não tendo a gravidade da doença da esposa, Deus o chamou antes. Ele morreu em 2006, aos 74 anos de idade. Rogério segue se dedicando a mãe. “A gente se acostuma com a rotina de cuidados extremos”, finaliza. • Joyce Alves Zanon

ela voltou_a_ser_um_bebe

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Concurso Fotográfico revela seus ganhadores

E-mail

 Com o objetivo de incentivar o registro de imagens que demonstrem as características do povo imigrantense, sua cultura, seu modo de viver, tendo como cenário as belezas naturais, riquezas arquitetônicas e pontos turísticos do município, 104 imagens disputaram durante dez dias, o gosto e a técnica da Comissão Julgadora formada para avaliar a 3ª edição do Concurso Fotográfico “Revelando Imigrante”, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo.

As inscrições encerraram no dia 21 de outubro, totalizando 21 candidatos nas categorias: Fotógrafos Profissionais - residentes ou não em Imigrante, com vínculo direto ou indireto com empresa de serviços fotográficos e categoria Comunidade - alunos das escolas da rede municipal e estadual do município, moradores ou pessoas com vínculo empregatício em Imigrante. Desta categoria não participaram fotógrafos profissionais.
O resultado com os nomes dos vencedores foi divulgado no último sábado, 14, durante o Festival de Canto no Centro Comunitário Evangélico. Na categoria profissional se classificou com o primeiro e segundo lugares Emilio Speck, de Porto Alegre, com as imagens “Molino Vechio” e “Convento”. O terceiro e quinto lugares, ficaram com Juremir Versetti de Encantado, com as fotos “Fé sob qualquer tempo” e “Coração de Mãe”. Já o quarto e sexto lugares foram para Paulo Artêmio Eidelwein, com as imagens “Caminho abençoado” e “Entardecer”.
Na categoria Comunidade, os vencedores foram Fernanda Suélen Petter, como a foto “Arquitetura germânica”, que levou o primeiro lugar. Renata Decker Lohmann, no segundo lugar com a imagem “Preservar é viver”. Cíntia Laís Lindemann com o terceiro lugar na imagem “Espinhos da natureza”. No quarto lugar, Ida Lucian “Igreja com show de nuvens”, seguida pelo quinto lugar de Fernanda Suélen Petter “Cultivando o tradicionalismo gaúcho” e o sexto, de Roberta Vuaden “Templo de fé”.
As imagens selecionadas serão expostas em eventos públicos e utilizadas para divulgação oficial do município em canais de comunicação, além da possibilidade de ilustração do Calendário de Eventos de 2014.
• Mariéle Gomes Gross

concurso fotográfico revela (1)

concurso fotográfico revela (2)

Concurso Fotográfico
Com o objetivo de registrar através das lentes fotográficas, os costumes, as paisagens, a arquitetura, a cultura do povo imigrantense foi realizado pela secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo de Imigrante, um concurso fotográfico, que reuniu 21 fotógrafos, distribuídos em categorias profissionais, amadores e alunos.
Na categoria profissional os dois primeiros lugares ficou com Emílio Speck, de Porto Alegre. As fotos acima são do fotógrafo Juremir Versetti muçunense que ficou com o terceiro e quinto lugar.
revelando imigrante (1)revelando imigrante (2)

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 11 de 142