Jornal Antena - Encantado RS

Thursday, Aug 28th

Last update12:37:50 AM GMT

Você está na seção:

Jornal Antena - Encantado RS

Milionário e José Rico na 5ª Leitão Fest

E-mail

 

Putinga - A comunidade de Linha Quadros, juntamente com a administração municipal e comissão organizadora da 5ª Leitão Fest, recepcionou no dia 31 de março, num sábado ao meio-dia, a imprensa regional, para apresentar o cardápio oficial da Leitão Fest, que inicia hoje em Putinga e vai até o domingo.
A 5ª Leitão Fest acontece em paralelo com a 3ª Expo-feira Comercial e Industrial de Putinga. Durante os três dias de feira haverá palestras, inauguração do Memorial do Leitão, muita gastronomia suína e shows. No encerramento oficial da feira acontecerá o show da dupla nacional Milionário e José Rico, que deverá levar uma grande multidão ao município.
O presidente da feira, Jeferson Trevisol, espera um público superior a 30 mil pessoas no decorrer dos três dias. Ele destaca a pujança do município, tanto no setor primário como nas demais áreas. “A Leitão Fest tem como objetivo incrementar e incentivar o nosso produtor, por isso a comunidade de Linha Quadros que é a encarregada de cuidar do salão gastronômico já está preparada, com as dezenas de pratos que compõem o cardápio que será a base da carne suína”, diz Jeferson.
O interessante é que a cada edição da feira é escolhida uma comunidade para preparar o cardápio.
Segundo o prefeito Valdir Possebom, isso gera uma competição saudável entre as comunidades, que além de cada vez mais incrementar os pratos, o valor arrecadado fica para a própria comunidade.
Neste ano o valor do cardápio fica em R$ 20,00 por pessoa.
Mas além da parte gastronômica, Putinga quer mostrar o seu potencial e a sua hospitalidade para todos os visitantes. Participem!

milionario e_jose_rico_na_2

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Concurso Fotográfico revela seus ganhadores

E-mail

 Com o objetivo de incentivar o registro de imagens que demonstrem as características do povo imigrantense, sua cultura, seu modo de viver, tendo como cenário as belezas naturais, riquezas arquitetônicas e pontos turísticos do município, 104 imagens disputaram durante dez dias, o gosto e a técnica da Comissão Julgadora formada para avaliar a 3ª edição do Concurso Fotográfico “Revelando Imigrante”, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo.

As inscrições encerraram no dia 21 de outubro, totalizando 21 candidatos nas categorias: Fotógrafos Profissionais - residentes ou não em Imigrante, com vínculo direto ou indireto com empresa de serviços fotográficos e categoria Comunidade - alunos das escolas da rede municipal e estadual do município, moradores ou pessoas com vínculo empregatício em Imigrante. Desta categoria não participaram fotógrafos profissionais.
O resultado com os nomes dos vencedores foi divulgado no último sábado, 14, durante o Festival de Canto no Centro Comunitário Evangélico. Na categoria profissional se classificou com o primeiro e segundo lugares Emilio Speck, de Porto Alegre, com as imagens “Molino Vechio” e “Convento”. O terceiro e quinto lugares, ficaram com Juremir Versetti de Encantado, com as fotos “Fé sob qualquer tempo” e “Coração de Mãe”. Já o quarto e sexto lugares foram para Paulo Artêmio Eidelwein, com as imagens “Caminho abençoado” e “Entardecer”.
Na categoria Comunidade, os vencedores foram Fernanda Suélen Petter, como a foto “Arquitetura germânica”, que levou o primeiro lugar. Renata Decker Lohmann, no segundo lugar com a imagem “Preservar é viver”. Cíntia Laís Lindemann com o terceiro lugar na imagem “Espinhos da natureza”. No quarto lugar, Ida Lucian “Igreja com show de nuvens”, seguida pelo quinto lugar de Fernanda Suélen Petter “Cultivando o tradicionalismo gaúcho” e o sexto, de Roberta Vuaden “Templo de fé”.
As imagens selecionadas serão expostas em eventos públicos e utilizadas para divulgação oficial do município em canais de comunicação, além da possibilidade de ilustração do Calendário de Eventos de 2014.
• Mariéle Gomes Gross

concurso fotográfico revela (1)

concurso fotográfico revela (2)

Concurso Fotográfico
Com o objetivo de registrar através das lentes fotográficas, os costumes, as paisagens, a arquitetura, a cultura do povo imigrantense foi realizado pela secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo de Imigrante, um concurso fotográfico, que reuniu 21 fotógrafos, distribuídos em categorias profissionais, amadores e alunos.
Na categoria profissional os dois primeiros lugares ficou com Emílio Speck, de Porto Alegre. As fotos acima são do fotógrafo Juremir Versetti muçunense que ficou com o terceiro e quinto lugar.
revelando imigrante (1)revelando imigrante (2)

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Princesa das Pontes comemora sucesso da III ExpoMuçum

E-mail

 

Não houve tempo ruim que impedisse o sucesso da III ExpoMuçum. Entre os dias 29 de maio e 1º de junho, o destino era a Princesa das Pontes, para prestigiar a feira comercial, industrial e de serviços do município. A Praça Cristóvão Colombo, o Salão Paroquial e o Lonão da Praça abrigaram produtos coloniais, artesanato, atividades culturais, shows artísticos, comida típica e brinquedos infláveis.
Durante os quatro dias de festa, cerca de 20 mil pessoas visitaram Muçum, alcançado a expectativa dos organizadores do evento. Dentre as principais atrações, a Orquestra de Teutônia, Os Peraltas e os shows das bandas Alma Nova, Ragazzi Dei Monti, Acoustic Class, Grupo Tchê Sarandeio, Brilha Som, Guilherme e Gustavo e Jonas e Lucas.
O ponto alto da programação musical ocorreu na noite do sábado, dia 31 de maio, quando a banda Cidadão Quem subiu ao palco para animar a multidão. O primeiro show da banda gaúcha na região contou com os sucessos como “Carona”, “Pinhal” e “Os Segundos”.
Dentro da programação oficial da III ExpoMuçum, a Sociedade José Garibaldi recebeu, na manhã de sábado, o 5º Encontro de Legislativos da Associação dos Vereadores do Vale do Taquari, que contou com a presença de cerca de 60 vereadores de toda a região para os painéis de auditores do Tribunal de Contas do Estado.
A 3ª ExpoMuçum foi uma realização do Ministério da Cultura, TBT Produções e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sicredi e Caixa Econômica Federal. Patrocinadores Decibal Móveis, Baldo S/A, Banrisul, Posto Sander e Lojas Benoit. A Próxima edição da ExpoMuçum deve acontecer em 2016.

princesa das_pontes_comemora_2

Álbum de fotos desta edição
ALBUM: princesa das pontes comemora
LOADING...
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Os municípios do Vale do Taquari mostram, em investimentos, ações e projetos, a importância deste setor no nosso dia a dia.

E-mail

 

Coqueiro Baixo

A agricultura como sustento
O município de Coqueiro Baixo tem na agricultura a sua principal atividade econômica. Segundo o secretário de Agricultura, Aventino Soldi, atualmente são cerca de 400 famílias morando no interior do município. “Eles têm a agricultura como sustento. Nestas localidades, temos ainda a avicultura de corte, a suinocultura, o leite e o reflorestamento”, destaca.
Soldi afirma que a pasta tem investido, no setor, apesar das dificuldades que encontram. “A nossa maior carência, no momento, é a mão de obra jovem”. No entanto, a Administração tem trabalhado para resolver estes e outros empecilhos. “Temos investido fortemente em construções rurais, como aviários e instalações que nossos habitantes precisam. Além disso, temos programas de incentivo em reais para construções, que são disponibilizadas proporcionalmente ao tamanho da obra, incentivo fiscal que ocorre conforme a venda do talão de Produtor Rural e a realização de serviços para produtores, como a terraplanagem para novos empreendimentos e instalações”, destaca o secretário.


 

 

Doutor Ricardo
Um município com agricultores na zona rural e urbana
Com uma população de 2.030 habitantes, Doutor Ricardo, apesar de ter apenas 18 anos, tem se desenvolvido em diversos setores, inclusive na agricultura. Atualmente, o município tem 15% de sua arrecadação total proveniente do setor, que trabalha com diversas variedades, entre elas, suínos, aves, fumo, cereais, bovinos, ovos, silvicultura, mateicultura, frutas e verduras.
Segundo o secretário da Agricultura, Zaquiel Roveda, o município conta com diversas famílias que vivem da lida com a terra. “Temos atualmente, em torno de 350 famílias residentes na área rural, e cerca de outras 200 que ainda trabalham em suas terras no interior e residem na zona urbana”, destaca. A Administração também tem investido no setor, como explica Zaquiel. “Estamos trabalhando nas melhorias de estradas vicinais, para o escoamento das produções de milho, fumo, erva-mate, madeira, soja, leite, e diversas outras do município. Também estamos realizando escavos para construções de estábulos para ordenhas, pocilgas, aviários, galpões e estufas de fumo e hortaliças, e a melhoria das redes de água no interior”, comenta.
O êxodo rural, realidade que tem sido vivida em muitos municípios, também tem recebido atenção especial da Administração. “Temos fornecido cursos e capacitações para os jovens. Estamos, ainda, incrementando os auxílios disponibilizados, principalmente nas famílias que estão produzindo e nas que ainda possuem filhos nas propriedades. O objetivo é oferecer condições de melhorar a lucratividade destas propriedades, para que os jovens não sintam a necessidade de abandoná-las”, explica.


 

 

 

Encantado
Indústria e comércio crescem, e representatividade do setor primário diminuiu

encantado

O maior município da região alta do Vale do Taquari tem percebido a diminuição da representatividade do setor primário. Segundo o Secretário da Agricultura de Encantado, André Boeri (foto), esta área chegou a representar 31,22% do bolo da economia municipal, hoje, totaliza 22,11%. “Esta queda é devida a uma estagnação produtiva em período anterior. São três anos consecutivos de incremento significativo na produção, mas não conseguimos obter o mesmo percentual, pois outras áreas cresceram muito, como o setor industrial e o comércio atacadista”, explica.
Encantado conta com 2.631 pessoas residindo na zona rural, segundo os dados do Censo de 2010, porém, segundo Boeri, muitas destas não exercem mais atividades agropecuárias. “Apesar dos números não serem exatos, tínhamos, quando do último Censo, 895 domicílios rurais, mas atendemos perto de 600 propriedades no momento”, diz. Os encantadenses que ainda trabalham na agricultura cultivam diversas variedades, destacando-se a avicultura de corte e postura, suinocultura, leite e derivados, bovinos, soja, lenha e madeira e milho.
O secretário acredita que a maior carência da pasta no momento é “a necessidade da efetivação de um orçamento maior para a realização de projetos como a eletrificação rural e redes de abastecimento de água e tratamento de dejetos suínos”. Ainda assim, a Secretaria tem investido em obras como a rede de abastecimento de água, terraplanagens para um aviário de postura, cinco aviários de corte e duas pocilgas terminação e uma pocilga de creche. “Estamos finalizando, ainda, o processo licitatório para a aquisição de retroescavadeira e outro processo para a aquisição de distribuidor de dejetos líquidos. Também temos uma ação muito forte no incentivo a novas agroindústrias familiares, que hoje totalizam 14 dos mais diversos tipos de produtos”, sublinha. Em Encantado, o êxodo rural também tem recebido o foco de algumas ações. “O êxodo rural é muito forte na região e especialmente em Encantado, com intensificação deste a partir da década de 90. Nós da Secretaria da Agricultura estamos diariamente atendendo as demandas dos produtores rurais. Sejam em melhorias da infraestrutura produtiva, dos acessos aos empreendimentos, terraplanagens para novos empreendimentos e agora através de Lei de incentivo aos novos projetos agropecuários disponibilizando parte do ICMS gerado por estes empreendimentos”, explica Boeri.


 

Muçum
Novos maquinários para fortalecer a agricultura

mucum

Conhecida como Princesa das Pontes, Muçum deve 38% de sua arrecadação total à agricultura. Nesse percentual, destacam-se a produção de milho, soja, viticultura e fumo. “Também são destaques as atividades de bovinocultura de leite, suinocultura e avicultura”, explica o secretário de Agricultura, Lauro Fronchetti (foto).
Atualmente, Muçum conta com 276 famílias de agricultores, que somam 747 pessoas. Para evitar que tantos trabalhadores do campo larguem suas atividades, a Secretaria de Agricultura tem trabalhado em diversas frentes. “Para evitar o êxodo rural, temos incentivado os agricultores com serviços da patrulha agrícola, melhoria nas estradas do meio rural, oferta de cursos e a qualificação profissional dos filhos destes agricultores”, explica.
Dentre os investimentos recentes, Fronchetti destaca a aquisição de novos equipamentos para a patrulha agrícola pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que beneficiou o município com uma retroescavadeira, uma motoniveladora e um caminhão trucado. A Administração tem investido, também, em trabalhos para os agricultores.
Além do serviço de maquinário, existe a abertura de cisternas e microaçudes, destino correto dos dejetos de suínos, inseminação artificial, serviços médico veterinário custeados pelo município. “Temos incentivado a feira do peixe vivo, melhorias das estradas rurais, e trabalhamos na futura aquisição de uma roçadeira vertical e horizontal hidráulica, um reboque metálico, uma broca hidráulica, um distribuidor de 4.000L, uma ensiladeira coletora de forragens, um rolo compactador, uma escavadeira hidráulica e um caminhão”, frisa.
Fronchetti afirma que existe o interesse de incentivar cada vez mais a atividade agrícola. “Queremos melhorar a qualidade de vida do homem do campo, apoiando a sucessão familiar. A partir do ano de 2015, temos previsto abrir incentivos de acordo com a receita das notas fiscais do talão do produtor”, finaliza.

 

Nova Bréscia
Mudanças no setor geram modernização e melhorias na produção

nova brescia

Quase metade da arrecadação do município é oriunda da agricultura. Segundo o prefeito, Gilnei Agostini (foto), o setor representa 47% do valor de retorno financeiro e 82% do valor adicionado. Para chegar a estes números, Nova Bréscia conta com 540 produtores, espalhados nas 430 propriedades do município. No município, destacam-se as atividades nos ramos de avicultura de corte, suinovultura, bovinocultura e grãos.
O chefe do Executivo afirma que a agricultura do município está passando por mudanças. “É uma nova fase, em que os produtores de frango estão se reestruturando, com instalações modernas, com capacidade muito grande de alojamento de animais e modernizando as instalações mais antigas. A construção de novas pocilgas tem incrementado, também, a suinocultura”, frisa. A bovinocultura é outro setor que tem passado por melhorias, com o investimento em áreas de lavoura, pastagens, equipamentos e aquisição de animais.
Agostini afirma que todo esse desenvolvimento tem demonstrado algumas carências no setor técnico. “São muitas mudanças e investimentos acontecendo ao mesmo tempo, demandando muito trabalho de todos os setores”, comenta. Para tentar conter o êxodo rural, o prefeito afirma que “o desafio está em proporcionar infraestrutura funcional para todos os agricultores do município, nas diversas suas atividades, conforme necessidade de cada um, visando que, no futuro, todos possam permanecer produzindo com qualidade de vida e retorno financeiro, buscando a sustentabilidade de todo o conjunto produtivo”. Além disso, a Secretaria tem investido nos agricultores de diversas maneiras, com programas como o incentivo financeiro conforme a movimentação do talão do produtor rural, gratuidade no serviço de alguns maquinários e programas de melhoramento genético com a gratuidade do sêmem.
Além dos serviços, a pasta continua realizando as terraplenagens de aviários automatizados e dos modelos dark house, instalações leiteiras e iniciando as obras para a construção do Condomínio Leiteiro em parceria com a Cooperativa Cosuel.

 

Relvado
Setor primário representa metade da economia municipal

relvado

Com aproximadamente 450 famílias residentes na zona rural, o município de Relvado tem sua economia baseada no setor agrícola, que resulta em uma participação econômica de cerca de 50%. No setor primário, as atividades que se destacam são avicultura (corte e postura), suinocultura, bovinocultura de leite e corte, milho, fumo, reflorestamento, erva-mate e outros. Segundo o Secretário de Agricultura, Diego Marques (foto), a Administração vem interferindo fortemente na agricultura do munincípio através de incentivos ou subsídios para investimentos nas propriedades rurais, na prestação de serviços pelo município ou terceirizados, incentivos para investimentos na avicultura de corte e postura, na suinocultura e pecuária tentando evitar, assim, o êxodo rural. “Visando isso foi instituída a Lei 1.238/2013, de 20 de junho de 2013 que trata dos incentivos dados aos produtores rurais e empresas. Esta Lei subsidia diversos investimentos, como a participação de 40% do custo na aquisição de sementes de aveia e azevém, serviços médico veterinário gratuitos por até 40 horas semanais, transporte gratuito de dejetos de suínos e bovinos, transporte de areia, brita e outros produtores e empreendedores para fins de investimento. Além disso, auxiliamos financeiramente com 10% do investimento e auxilia de forma única em mais de R$ 3.000,00 para fins de manutenção e adequação das instalações que já estão em atividade nestes mesmos setores”, explica Diego.
O secretário destaca, também, que houve uma renovação no maquinário do município. “Estamos incorporando 12 unidades, sendo três máquinas do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC) 2, um caminhão, retroescavadeira hidráulica, duas retroescavadeiras, um trator esteira, um trator agrícola, uma roçadeira hidráulica acoplada e dois distribuidores”, ressalta. A demanda dos serviços, conforme explica Marques, é realizada por solicitações junto à Secretaria de Agricultura, e sua execução fica a cargo da Secretaria de Obras. O secretário firsa que “tudo isto tem o intuito de valorizar e incentivar o desenvolvimento rural a fim de gerar emprego e renda.
É uma forma de amenizar ou manter de forma sustentável e viabilizar assim a permanência na propriedade, evitando o êxodo rural em nossa principal atividade econômica”.

 

Roca Sales
Diversas culturas compõem o setor primário

roca sales

Em Roca Sales, os 4.913 moradores da zona rural movimentam a agricultura, que representa 37,9% da economia do município. Estes habitantes produzem culturas diversas, como milho, soja, fumo, erva-mate, suínos para abate, aves de corte, peixe e frutas.
Segundo o secretário da Agricultura, Evaristo Bronca (foto), o maior destaque do setor no município é o subsídio na elaboração de silagem. “Ajudamos com 50% do valor, também temos subsídio na adubação orgânica, empréstimo de equipamentos agrícolas, distribuidor de esterco seco, serviços com caminhão e retroescavadeira para melhorar os acesos, serviço médico veterinário e inseminação artificial, entre outros”, ressalta.
Para evitar o êxodo rural, o titular da pasta afirma que a Secretaria trabalha em diversas frentes. “Investimos em terraplanagens para a construção de aviários, pocilgas e sala para gado leiteiro, horas máquinas para a fruticultura, incentivos para a agroindústria, entre outros”, frisa Evaristo.
O secretário diz que, apesar das dificuldades encontradas no setor primário, como falta de mão de obra, baixos preços pagos aos produtores e a distância do mercado consumidor, Roca Sales visa sempre dar continuidade ao trabalho que valorize e ajude os homens do campo. “Queremos sempre fomentar mais e mais o setor primário”, finaliza.

Vespasiano Corrêa
Município tem na agricultura 80% de sua economia

vespasiano correa

Com aproximadamente 400 famílias trabalhando na agricultura, o município de Vespasiano Corrêa encontra no setor mais 80% do seu valor adicionado. Segundo o secretário de Agricultura, Volmir Dachery (foto), as outras atividades compõem uma rede. “Temos a representatividade da indústria, do comércio e de serviços, que são muitos ligados a agricultura”, explica.
Neste cenário, os produtores trabalham com culturas diversificadas, sendo que as maiores representações são suinocultura, bovinocultura leiteira, avicultura de corte e aves para postura de ovos. “Temos destaque também para a soja e o milho, fumo em folha, venda de bovinos, uva, erva mate e silvicultura. O leite, no entanto, é a principal atividade econômica com mais de 300 famílias envolvidas”, ressalta o secretário.
Volmir destaca que a Secretaria tem investido em projetos de melhoria das redes de energia elétrica, serviços de terraplanagem para granja e bovinocultura leiteira. “Adquirimos, também, duas retroescavadeiras, uma no ano passado e outra neste ano. Recebemos mais uma escavadeira, um caminhão truck caçamba e uma motoniveladora do governo Federal através do PAC 2”, comenta. Para o secretário, uma das maiores carências do setor agrícola no município é a questão da energia elétrica. “O fornecimento da energia elétrica não acompanhou o crescimento do setor agropecuário, mas já estamos trabalhando nisso para resolver o problema e dar vazão ao crescimento”, diz. Em se tratando do êxodo rural, o secretário afirma que a pasta tem dado atenção ao caso, realizando atendimento aos jovens, incentivando parcerias com a EMATER em cursos de formação, palestras, feiras e organização e subsídios de viagens. Quanto a incentivos para os agricultores, Vespasiano Corrêa tem fornecido serviços variados aos seus habitantes, entre eles, inseminação artificial gratuito, até cinco horas por agricultor no uso da escavadeira hidráulica, escavo e terraplanagens e sêmem bovino de alta qualidade genética.

 

 

 

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Eleita a nova corte putinguense

E-mail
Putinga - No sábado, dia 03 de dezembro, aconteceu em Felizardo Junior o baile de apresentação das novas soberanas do município.
O processo de escolha iniciou com as inscrições que estabeleciam os quesitos para concorrer. Cinco candidatas concorreram e na sexta-feira, dia 02, foi aplicada a prova escrita de conhecimentos gerais. No sábado as candidatas foram apresentadas a comissão julgadora, ocasião que houve a integração das concorrentes e dos julgadores. Logo após foi realizada uma entrevista individual com cada candidata, onde foi avaliada a beleza, desenvoltura, harmonia, elegância, comportamento social e entrevista.
As 23hs45min aconteceu o desfile de apresentação das concorrentes, quando foi anunciada as soberanas para a próxima gestão, sendo rainha: Aline Ramos Nascimento e prinecsas: Eloisa de Quadra e Talita Salva.
O evento foi coroado pela animação da Banda ArtBiss, com grandioso baile e participação de toda comunidade.
A comissão organizadora fez um agradecimento especial a todas as candidatas que concorreram e a comissão julgadora pela disponibilidade, destacando a presença da Garota Verão 2011, Eleonora Weimmer.
As soberanas que se despediram do título na noite do sábado, Ana Paula Capellari, Milena Bresolin e Gisele Rabaiolli se emocionaram, por várias vezes durante a despedida e foram homenageadas com um buque de rosas como agradecimento pela dedicação nestes dois anos frente a corte putinguense.
O prefeito, Valdir Possebon, falou da importância que a Administração tem dado a todos os setores do município, destacou a ética e a imparcialidade na condução do governo. Agradeceu as candidatas participantes, parabenizou as vencedoras e enalteceu os trabalhos das soberanas que se despediram. Falou que a Administração está comprometida com a nova corte na realização da Leitão Fest e na divulgação de todos os eventos do município.

Putinga - No sábado, dia 03 de dezembro, aconteceu em Felizardo Junior o baile de apresentação das novas soberanas do município.O processo de escolha iniciou com as inscrições que estabeleciam os quesitos para concorrer. Cinco candidatas concorreram e na sexta-feira, dia 02, foi aplicada a prova escrita de conhecimentos gerais. No sábado as candidatas foram apresentadas a comissão julgadora, ocasião que houve a integração das concorrentes e dos julgadores. Logo após foi realizada uma entrevista individual com cada candidata, onde foi avaliada a beleza, desenvoltura, harmonia, elegância, comportamento social e entrevista.As 23hs45min aconteceu o desfile de apresentação das concorrentes, quando foi anunciada as soberanas para a próxima gestão, sendo rainha: Aline Ramos Nascimento e prinecsas: Eloisa de Quadra e Talita Salva.O evento foi coroado pela animação da Banda ArtBiss, com grandioso baile e participação de toda comunidade.A comissão organizadora fez um agradecimento especial a todas as candidatas que concorreram e a comissão julgadora pela disponibilidade, destacando a presença da Garota Verão 2011, Eleonora Weimmer. As soberanas que se despediram do título na noite do sábado, Ana Paula Capellari, Milena Bresolin e Gisele Rabaiolli se emocionaram, por várias vezes durante a despedida e foram homenageadas com um buque de rosas como agradecimento pela dedicação nestes dois anos frente a corte putinguense.O prefeito, Valdir Possebon, falou da importância que a Administração tem dado a todos os setores do município, destacou a ética e a imparcialidade na condução do governo. Agradeceu as candidatas participantes, parabenizou as vencedoras e enalteceu os trabalhos das soberanas que se despediram. Falou que a Administração está comprometida com a nova corte na realização da Leitão Fest e na divulgação de todos os eventos do município.

eleita_a_nova_corte_putinguense

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 11 de 141