Jornal Antena - Encantado RS

Thursday, Oct 19th

Last update09:27:50 PM GMT

Você está na seção:

Jornal Antena - Encantado RS

Vereador de Encantado cobra da Administração de Muçum apoio a Ambravat

E-mail

 

A sessão da Câmara de Vereadores de Encantado do dia 29 de maio trouxe à tona um assunto já debatido em outras oportunidades: o apoio à Associação Mantenedora do Corpo de Bombeiros da Região Alta do Vale do Taquari (Ambravat). O vereador Valdecir Gonzatti (PMDB) fez duras críticas ao prefeito de Muçum, Lourival de Seixas, alegando que este não tem repassado os valores devidos à entidade.
Conforme Gonzatti, Muçum não contribuiu com a associação nos anos de 2010, 2011 e 2012. Já em 2013, o município repassou pouco mais de R$ 8 mil, restando R$ 16,5 mil para ser repassado. No ano seguinte, em 2014, Muçum fez o repasse de R$ 13,5 mil, faltando R$ 10,5mil. Em 2015, foram repassados R$ 15 mil, restando R$ 7 mil. Em 2016 e 2017, nada foi repassado. “No município de Muçum, o prefeito, está faltando com a verdade. Um gestor público, um prefeito municipal faltando com a verdade. As provas estão aqui. Nós vimos falando há muito tempo que Muçum está inviabilizando a Ambravat. Tem que se entender que não é aquilo que ele quer dar. A Ambravat não é molecagem, é uma entidade séria, sem fins lucrativos”, destaca.
Na tribuna, Gonzatti lembrou que alguns vereadores de Muçum ingressaram com um pedido de informações sobre o repasse. A Associação ainda entrou com uma ação contra Muçum junto a promotoria, relatando o problema dos repasses. “Nós vimos falando há muito tempo que Muçum está inviabilizando a Ambravat. Os colegas vereadores de Muçum, o Adair Villa, Alberto Baronio, Alex Colossi e Gilmar Marcolin, fizeram um pedido de informações ao prefeito de Muçum, perguntando se Muçum estava cumprindo com as exigências da Ambravat. O prefeito Lourival de Seixas enviou um ofício informando não estar em débito com a Ambravat, inclusive, os recursos que seriam repassados em 2016, não ocorreram por falta de interesse da entidade, que não se manifestou enquanto solicitado pelo município através do ofício 140/2016. Eu tenho em minhas mãos o ofício 140/2016. Nós estamos municiados de documentos”, afirma.
Os sete municípios que compõem a Ambravat – Encantado, Roca Sales, Nova Bréscia, Relvado, Coqueiro Baixo, Doutor Ricardo e Muçum – pagam o valor de R$ 0,62 por habitante, por mês. Por esta determinação, em 2017, Muçum deve pagar cerca de R$ 36 mil à associação. A entidade recebe, também, o valor de R$ 15 mil por mês da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Posicionamento da Ambravat
Em nota enviada à imprensa, a Ambravat destaca que “várias foram as reuniões para que se pudesse resolver de forma tranquila essa situação, no entanto, todas inexitosas, inclusive, uma reunião que envolveu todos os municípios que integram a entidade da qual somente Muçum não participou, embora convidado”.
O presidente da Ambravat, Rogério Pederiva, destaca que Muçum foi o segundo município com mais ocorrências no Corpo de Bombeiros Misto de Encantado no ano de 2016. “Não podemos aceitar que um município pague diferente dos outros. Dessa forma não funciona, precisamos que todos sejam tratados igualmente”, destaca.

O que diz o prefeito
O prefeito de Muçum, Lourival de Seixas, destaca que repassa os valores anualmente. “Não temos convênio com a Ambravat, nunca foi assinado nenhum acordo, mas sempre repassei valores todos os anos”, frisa. O chefe do Executivo diz que ajuda como pode. “Não repassei o valor por número de habitantes, mas sim o que o município podia colaborar. Não temos condições de passar mais do que isso”, justifica.
Segundo o prefeito, no ano de 2015 o repasse foi feito. “Como não temos convênio, foi feito um projeto e enviado para a Câmara, o qual foi aprovado e empenhado no valor de R$ 15 mil. O dinheiro ficou disponível até o final de dezembro, e como a Ambravat não retirou, ele foi estornado”, justifica.

vereador de_encantado_2vereador de_encantado_1

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Encontro Farroupilha encerra com desfile

E-mail

 

O Encontro Farroupilha de Encantado mais uma vez fez sucesso entre os tradicionalistas. A 5ª edição da atração, que teve início no dia 9 e seguiu até o dia 20 de setembro, reuniu gaúchos de várias cidades para confraternizar e homenagear a cultura do Rio Grande do Sul.
No último dia de evento, o tradicional desfile percorreu as principais ruas da cidade, movimentando tradicionalistas e comunidade em geral em uma homenagem ao Dia do Gaúcho. O show de encerramento também foi recorde de público, quando a praça esteve lotada para a apresentação de Teixeirinha Filho.
A programação variada agradou ao público, que, desde o dia da abertura, compareceu às barracas montadas na Praça da Bandeira para confraternizar e acompanhar os shows. Apresentações artísticas, show com Surgungo de Galpão, Cavalgada Farroupilha, danças, teatro e muito mais animou o público.
O 5º Encontro Farroupilha foi uma realização da Gaita Produtora, com o apoio da Prefeitura de Encantado, do CTG Giuseppe Garibaldi, do GAN Anita Garibaldi e do DTG Guardiões do Rio Grande, sendo financiado pela Lei do Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul.

encontro farroupilha_encerra

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Rafael Mallmann toma posse em Estrela

E-mail

Estrela - No dia 1° de janeiro de 2013, tomou posse na Câmara Municipal de Vereadores, Carlos Rafael Mallmann, prefeito de Estrela e seu vice Valmor Griebeler.  Na mesma solenidade os treze novos vereadores também foram empossados: Ernane L. de Castro (PMDB), Cristiano Nogueira da Rosa (PMDB), José Itamar Alves (PTB), Adriano Scheeren (PSB), Marco A. Wermann (PT), Paulo Floriano Scheeren (PPS), Nelson Tiliwitz (PMDB), Marcelo Braun (PSDB), Lorena Hauschild (PR), Andreas Hamester (PP), Hélio Jair Kuzler (PTB), Felipe Pinho (PPS), Vanderlei Eidelwein (PR).

rafael mallmann_toma_posse_2

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

MP apreende carne vencida em mercado e escola infantil

E-mail

 

Após uma denúncia anônima, o Ministério Público (MP), Polícia Civil e Vigilância Sanitária apreenderam cerca de uma tonelada de carne em Arvorezinha, na última segunda-feira, dia 7. A denúncia dava conta de que o produto, apesar de vencido, vinha sendo utilizado na merenda escolar do município. O fornecedor do produto foi preso.
Os alimentos foram encontrados com o prazo de validade vencido e sem o acondicionamento adequado em um mercado da cidade e na Escola Municipal Infantil Professora Diva Maria Sabedotti Fornari, localizada no Bairro Nossa Senhora das Graças. A ação foi coordenada pelo Promotor de Justiça Paulo Estevam Costa Castro Araújo e pelo Promotor de Defesa do Consumidor da Capital Alcindo Luz Bastos da Silva Filho.
Na escola, foram encontrados cerca de 15 quilos de carne moída imprópria para consumo. Verificada a legitimidade da denúncia, as autoridades foram até o principal fornecedor do município, onde encontraram cerca de uma tonelada de carne em condições precárias. Ainda não há relatos sobre eventuais problemas de saúde gerados pelo consumo do produto.
Segundo o MP, o proprietário da empresa onde a carne foi apreendida foi preso. Após ser ouvido, o suspeito teria sido enviado ao Presídio Estadual de Soledade. O Promotor de Justiça ainda buscará a responsabilização da Administração Municipal de Arvorezinha, uma vez que a merenda escolar era fornecida pelo mercado. “A carne apreendida é fruto do abate clandestino, pois o produto não possui origem determinada, fato que será investigado futuramente pelo MP”, afirmou.

O que diz a Secretaria de Educação
A secretária municipal de Educação, Dilce Gehlen Zanchin, disse que os produtos utilizados na merenda escolar dos 800 alunos do município são controlados, e passam pela verificação de uma nutricionista. Ela garante que nunca antes houve problemas com os alimentos fornecidos. Sobre a quantidade, no entanto, a secretária explica que o total apreendido foi de 24 quilos: 15 no freezer da escola e nove no depósito. Dilce garantiu que irá ampliar o controle sobre a qualidade dos alimentos, mas afirmou confiar no trabalho prestado pela nutricionista, que fazia a verificação da qualidade destes produtos. “Essa profissional trabalha em outros municípios. Confiamos nela, mas vamos rever o trabalho nas cozinhas das escolas para evitar novos problemas”, disse.

Contrato rompido
Após assinar o ato de infração, a Prefeitura Municipal de Arvorezinha decidiu mudar as regras para o uso da carne bovina na merenda escolar. Segundo o prefeito, Luiz Paulo Fontana, a administração irá utilizar apenas cortes embalados e com selo de origem, conforme orientou o próprio MP. “Depois de uma reunião (que contou com a presença da secretária de Educação), decidimos adotar o uso de outra proteína, algum corte de carne que venha embalado e pronto, com selo de qualidade”, afirmou.

mp apreende_carne_3

 

Investigado

mp apreende_carne_1
Fontana diz acreditar que há “uma campanha contra o município de Arvorezinha”. Segundo ele, o MP omitiu que a carne considerada imprópria para consumo era de outro município, e não produzida na cidade. “Parece que Arvorezinha é a pior região do mundo”, desabafa.
O prefeito afirma que o comerciante fornecia carne para a gestão passada. “Isso me leva a crer que há uma campanha contra nós. Eu tenho um bom relacionamento com o promotor, e não tenho nenhum confronto com ele”, resume.

 

Muito tempero

mp apreende_carne_2
O promotor de Justiça, Paulo Estevam Araújo, diz que o prefeito tem o dever de fiscalizar os processos que ocorrem na Administração. Segundo ele, a informação chegou ao MP porque as cozinheiras tinham a ordem de disfarçar o mau cheiro da carne estragada com temperos.
Para Araújo, houve omissão, já que o município não usou órgãos competentes, como a Vigilância Sanitária, para fiscalizar o estabelecimento. Já o empresário agiu mal por saber que vendia um produto sem qualidade.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Casal Amorim é homenageado na Câmara de Vereadores

E-mail

 

Uma sessão solene na Câmara de Vereadores de Muçum, na noite do dia 30 de maio, homenageou personagens importantes da história do município. O evento, que destacou o dr. João Carlos Amorim, e sua esposa, dona Mariza Darrigo Amorim, fez parte da programação alusiva aos 58 anos de aniversário de Muçum. Estiveram presentes autoridades, familiares dos homenageados e comunidade em geral.
O prefeito de Muçum, Lourival de Seixas, parabenizou o casal, agradecendo aos serviços prestados e enaltecendo o respeito e carinho com que o médico e sua esposa tratam a comunidade. “Tenho certeza de que o povo de Muçum sente-se honrado em usufruir do trabalho deste casal”, afirmou.
O casal, que conta com uma vasta contribuição na área da saúde à comunidade, recebeu uma placa, além das canções interpretadas pelo Grupo de Cantoria Italiana San Piero, que ressaltou a homenagem.
Aos 77 anos de idade, o dr. João Carlos Amorim completa 49 de profissão, sempre atuando pelo Hospital Beneficente Nossa Senhora Aparecida, de Muçum. Casado com dona Mariza há 55 anos, ele é pai de duas filhas. No seu discurso durante a solenidade, recordou sua história, sua profissão, relembrou momentos vividos com amigos e família. “Aqui fiz aproximadamente 10 mil cirurgias, incontáveis atendimentos ambulatoriais, chegando ao recorde de 83 atendimentos em um só dia”, relatou. O médico, emocionado, disse estar gratificado por receber a homenagem e também por sua esposa sendo homenageada. Na solenidade, ainda renovou seu juramento profissional, prometendo cumprir suas “funções até que a vida permita, com a mesma dignidade mostrada até agora”. “Até hoje, com a graça de Deus consegui cumprir meu juramento. Nunca trabalhei em qualquer outra atividade que não fosse a medicina”, disse.
Dona Mariza, esposa do dr. Amorim, também foi homenageada. Ela foi a primeira secretária da Saúde e Assistência Social do município, quando criou diversos programas em prol da comunidade. Na política, foi a primeira vereadora de Muçum. “Na câmara de vereadores eu era minoria, oposição e mulher”, lembrou.

casal amorim_e_1casal amorim_e_2

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 11 de 220