Jornal Antena - Encantado RS

Wednesday, Sep 20th

Last update03:37:11 PM GMT

Você está na seção:

Encantado terá departamento para cuidado e proteção de animais

E-mail

 

Os animais de Encantado terão, em breve, uma atenção a mais para zelarem por seu bem-estar. Isto porque, recentemente, foi aprovada uma Emenda Aditiva que prevê a criação de um departamento ou coordenadoria para o acolhimento, controle de adoção e proteção de animais feridos e ou abandonados.
O estopim para esta mudança ocorreu ainda no mês de junho, quando a Câmara de Vereadores de Encantado sediou uma audiência pública para fomentar políticas públicas e de conscientização que garantam a defesa dos direitos dos animais. A deputada Regina Becker Fortunati, engajada no assunto, ministrou palestra sobre o tema.
A caminhada para este resultado, no entanto, teve início há mais tempo. Em abril, foi protocolado no Legislativo o pedido para um programa gratuito de castração animal, bem como o pedido de criação do departamento ou coordenadoria de controle de animais, de autoria da vereadora e presidente da Câmara de Vereadores, Jaqueline Taborda.
A presidente destaca que esta é uma forma de atender a crescente população de animais no município sem onerar os cofres públicos. “Este departamento estará vinculado ao Departamento de Vigilância Sanitária, então não será uma nova secretaria, apenas uma reorganização do organograma já existente”, pontua.
Jaqueline destaca que este setor terá incumbências próprias. “Caberá a eles dar o suporte, recolher, oferecer tratamento adequado, a castração e a colocação de microchip no animal, para que possa existir um controle destes bichos. As adoções também serão feitas mediante a assinatura de um termo de adoção responsável, para assegurar um cuidado adequado aos animais”, explica. O novo departamento deve oferecer 15 castrações mensais para pessoas de baixa renda que possuam animais.
A chefe do Legislativo lembra que este trabalho, que é de responsabilidade do município, tem sido feito por Organizações Não Governamentais (ONGs) e voluntários preocupados com a causa. Atualmente, a Administração mantém um convênio com uma empresa, responsável por recolher e dar o tratamento adequado ao animal. “Sabemos que o valor repassado atualmente é insuficiente para tudo o que é feito, mas vamos aos poucos tentando melhorar isso. Acreditamos que com o departamento vamos minimizar o problema sem gerar mais custos”, destaca.Em breve, uma licitação deverá ser feita para a contratação de serviços desta ordem: recolhimento, tratamento e castração.
Novidades devem ser realidades em breve. “Conversas sobre este assunto são geralmente produtivas. Foi em uma destas conversas que nos sugeriram uma parceria com uma universidade para fazermos mutirões para castrar os animais. Também pensamos em contar com a ajuda das agentes de saúde, que farão o cadastro dos animais do município conforme forem visitando as casas”, adianta.
Para um futuro breve, a presidente já tem planos. “Pensamos em estender este serviço de atendimento aos animais também para animais de grande porte, não somente cães e gatos, e trabalhar com fiscalização, emitindo notificações por escrito, punições e até multas quando necessário. O próprio delegado já se mostrou parceiro nesta questão”.
A presidente resume de forma direta o projeto. “Buscamos ajudar os animais, sem onerar o município. O que este departamento representa é um avanço, é um grande passo na busca de uma solução, sem gerar grandes despesas. O que estamos fazendo é reorganizar o cenário. Mas um ponto importante é trabalhar a conscientização das pessoas no que diz respeito ao cuidado, abandono, maus-tratos de animais. É preciso despertar esta cultura na população”, finaliza.

encantado tera_departamento

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar